Notícias

empregados400-100.jpg

02/03/2021 15:27 / Atualizado em 29/04/2021 09:07

minuto(s) de leitura.

Um dos pilares da Fenae, bem-estar também é de mobilização e defesa da Caixa 100% pública

Junto com as Apcefs, o incentivo às práticas sociais, esportivas e culturais fortalece o movimento associativo e a luta pelos direitos dos empregados

 

Corrida, ciclismo, natação, música, pintura, poesia, festas. Essas são algumas das opções da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) para promover o bem-estar do pessoal da Caixa. É por meio da promoção e do incentivo a práticas sociais, esportivas e culturais que a Fenae, sempre em parceria com as Apcefs, atua coletivamente fortalecendo o movimento associativo, defendendo a Caixa 100% pública e os direitos dos empregados. Nos 50 anos da Fenae, a promoção do bem-estar está mais forte do que nunca.

Ao proporcionar o bem-estar em áreas como cultura e esportes, a Fenae desenvolve um outro olhar do empregado Caixa para a defesa da Caixa. É por meio desses eventos que a Fenae oportuniza novos caminhos para a mobilização dos empregados. "A atuação promovendo o bem-estar dos empregados da Caixa é um dos principais pilares da Fenae para cumprir essa missão. Cultura, esporte e todos os nossos eventos socioculturais são fundamentais para ampliar a nossa luta e fortalecermos a mobilização em defesa da Caixa", avaliou o presidente da Fenae, Sergio Takemoto.

Um dos eventos mais aguardos no calendário por todos os associados é o Talentos. Já são cinco edições do maior evento cultural entre bancários do Brasil. "A diretoria Sociocultural, através da arte e cultura é responsável por uma das ações mais impactantes na qualidade de vida o “Talentos Fenae/Apcef”, levando os empregados da ativa, aposentados e pensionistas, a demonstrar seus talentos artísticos, promovendo uma verdadeira ação de bem-estar", destacou o diretor Sociocultural, Nilson Moura.

Além do Talentos, o Eu Faço Cultura vem atuando para democratizar o acesso à cultura no país. A história teve início em 2006, quando a Fenae e as Apcefs conseguiram mobilizar quase 10 mil empregados da Caixa que destinaram seus impostos de renda para o programa pela primeira vez. Foram muitos shows, oficinas de dança, música, teatro, circo e fotografia em 57 cidades de todo o País. Com o tempo, o Programa se transformou em uma plataforma digital, e hoje consegue atender todas as regiões do Brasil, distribuindo, gratuitamente, produtos culturais para pessoas de baixa renda, estudantes de escolas públicas, micro e nano empreendedores individuais, idosos e pessoas com deficiência..

Com o cenário de pandemia, muitos eventos ficaram comprometidos. Mas de um modo, a Fenae se fez mais próxima dos empregados, mesmo que online. Os Jogos da Fenae são um exemplo e em 2020, ficaram parados, mas a Federação continuou incentivando a prática do esporte. Como aconteceu na corrida X-Rosa. "A prática dos esportes é fundamental para uma vida equilibrada e saudável. Nesse sentido a Fenae investe junto com as Apcefs em proporcionar oportunidades aos empregados e seus dependentes de participem de diversas atividades esportivas. Isso contribui para enfrentar com mais preparo e disposição as vicissitudes da vida", reforçou o diretor de Esportes, Carlos Alberto Lima, o Caco.

Os Jogos da Fenae é maior evento esportivo entre bancários e um dos maiores que ocorrem no Brasil. São 27 delegações estaduais, formadas por atletas selecionados nas Apcefs. Mais do que uma competição, os Jogos da Fenae reúnem milhares de empregados da Caixa, entre atletas e torcedores, promovendo a integração cultural e a confraternização entre pessoas de todas as regiões. Nos anos em que não ocorrem os Jogos da Fenae, são realizados os Jogos Regionais do Norte, do Nordeste, do Centro-Oeste e do Sul/Sudeste.

Em 2021, ano de aniversário da Fenae, o foco foi todo para os aposentados. Em uma live inesquecível, a Fenae e as Apcefs lançaram o Meu Ideal. Um programa de bem-estar exclusivo para aposentados e pensionistas da Caixa associados das Apcefs (Associações do Pessoal da Caixa).

“Sabiamente e com muita sensibilidade, a Fenae lançou um programa de incentivo à saúde, qualidade de vida, bem-estar para os aposentados e pensionistas. Falar de saúde mental e física nunca ficou tão em pauta. A pandemia trouxe a conscientização que cuidar da saúde é um investimento para uma vida longa e saudável. E o programa Meu Ideal, é isso”, explicou a diretora de Assuntos de Aposentados e Pensionistas, Vera Lúcia Leão.

O Meu Ideal é voltado para os associados que buscam um estilo de vida mais saudável, que quer orientações para atingir esse objetivo e sem sair de casa. São aulas para manter o equilíbrio entre mente e corpo com yoga e meditação guiada e aprenda mais sobre alimentação saudável em oficinas de gastronomia.

 

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

selecione o melhor resultado