Notícias

03/09/09 09:34 / Atualizado em 03/09/09 09:35

minuto(s) de leitura.

TST cassa ação cautelar da Contec e reconhece a representação da Contraf/CUT

Fenae Net

Um importante precedente para a regularização das confederações e federações vinculadas à Central Única dos Trabalhadores (CUT), e ainda não legalizadas, foi aberto pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) ao cassar esta semana uma liminar que impedia o repasse da contribuição sindical para a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf/CUT). Para isso, o TST considerou improcedente a ação cautelar 207160/2009 proposta no início do ano pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Crédito (Contec).

A decisão constitui uma vitória de toda a categoria bancária, haja vista que 90% dos bancários do país são representados pela Contraf/CUT. Para o presidente da entidade, Carlos Cordeiro, “o resultado é uma resposta à autonomia e liberdade sindicais, e assim a Justiça passa a reconhecer a vontade de todos os trabalhadores do ramo financeiro do país”.

O secretário nacional de Administração e Finanças da CUT, Vagner Freitas, diz que a decisão do TST extrapola os interesses da categoria bancária, ao mesmo tempo que fortalece as negociações que o Comando Nacional dos Bancários e a Fenaban realizam na campanha salarial deste ano.

Seja como for, os bancários e as bancárias de todo o Brasil estão de parabéns por mais essa vitória.

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado