Notícias

15/03/12 10:00 / Atualizado em 15/03/12 09:56

minuto(s) de leitura.

Seeb/SP e Idec deflagram campanha nesta quinta-feira, Dia Mundial do Consumidor

Fenae Net

Na data em que se comemora o Dia Mundial do Consumidor, nesta quinta – 15 de março, o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e o Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (Idec) lançam uma campanha pela venda responsável de produtos pelos bancos. Um dos objetivos é combater a pressão abusiva pela comercialização de produtos e serviços financeiros.

Um dos alicerces dessa campanha será o seminário “Direitos dos consumidores e dos trabalhadores bancários pela venda responsável de produtos e serviços financeiros”, a ser realizado nesta quinta-feira (15 de março), com a participação de representantes das duas entidades e de dirigentes de organismos internacionais, como a Consumers International e a UNI Finanças Sindicato Global.

Caberá ao encontro debater o problema e cobrar dos bancos a assinatura de uma carta com princípios de responsabilidade na venda de produtos financeiros e promoção de um assessoramento justo e transparente aos consumidores. Outro objetivo é promover ambiente de trabalho saudável à categoria bancária.

Tanto o Seeb/SP quanto o Idec querem impedir que o bancário seja forçado a oferecer aos clientes cartões, títulos de capitalização e seguros, com vistas a bater a famigerada meta imposta pelo modo de gestão adotado pelos bancos. Concomitante a isso, e de forma rotineira, os clientes e usuários do sistema bancário recebem ofertas de produtos pelos quais não têm interesse nem perfil para utilizar.

Também nesta quinta-feira, em São Paulo, o Seeb e o Idec lançam uma cartilha para orientar os consumidores sobre os prós e contras em relação aos principais produtos oferecidos pelas instituições financeiras, as chamadas “vedetes das metas”. A finalidade dessa cartilha é promover o esclarecimento dos clientes e permitir que os bancários tenham como se proteger desse modo de gestão absurdo imposto pelos bancos, que consiste na pressão para a venda de produtos com metas muitas vezes inatingíveis.

Uma constatação perpassa todas essas ações das duas entidades: bancários e consumidores são faces de uma mesma moeda, já que ambos sofrem com a política dos bancos, que devem cumprir um papel na sociedade – financiar o setor produtivo e colaborar com o desenvolvimento econômico responsável e sustentável.

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado