Notícias

600x400 Ciclo de Debates - Rita Serrano 22.02.gif

22/02/21 19:52 / Atualizado em 23/02/21 08:52

minuto(s) de leitura.

Rita Serrano participa de Ciclo de Debates sobre reforma do sistema financeiro

Nesta quarta (24), às 9h30, a conselheira eleita no CA da Caixa e Conselheira Fiscal da Fenae falará sobre a atuação dos bancos públicos para financiar o desenvolvimento do país

A partir desta terça (23) parlamentares, economistas e representantes de entidades da sociedade civil organizada participam do Ciclo de Debates “Reforma do Sistema Financeiro Brasileiro”.  O evento contará com a participação da representante dos empregados no Conselho de Administração da Caixa e Conselheira Fiscal da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), Rita Serrano.

O evento, que prossegue até sexta (26), é promovido pelo deputado federal Pedro Uczai (PT/SC), com apoio da liderança do PT na Câmara dos Deputados, da Liderança da Minoria na Câmara dos Deputados e Liderança da Minoria do Congresso Nacional. 

Os debates podem ser acompanhados pelas redes sociais do deputado Facebook.com/PedroUczai   e Youtube.com/ProfessorPedroUczai.

Também estão confirmadas as participações do ex-ministro da Fazenda, Nelson Barbosa; do ex-diretor executivo do FMI, Paulo Nogueira Batista; do professor de economia da PUC/SP, Ladislau Dowbor; e dos professores do Instituto de Economia da Unicamp, Simone Deos e Fernando Nogueira Costa.

“Este é um debate extremamente importante e contemporâneo, porque o futuro do Brasil depende desta regulamentação do sistema financeiro e também do papel dos bancos públicos que neste momento estão sendo desmantelados e preparados para a privatização”, alerta Rita Serrano.

A representante dos empregados no CA da Caixa falará no painel “Bancos públicos, financiamento do desenvolvimento e crédito oficial”, a partir das 9h30 desta quarta-feira (24). O debate será transmitido também pela página do mandato da conselheira no Facebook.

“Nós não podemos ter um sistema financeiro privado que só tem como objetivo os lucros, afinal os bancos são concessões públicas do Estado, portanto eles precisam fazer alguma devolução desses lucros exacerbados para melhoria da qualidade de vida da sociedade e isso é algo que vem há anos sendo discutido, sem que se faça uma regulamentação nova desse sistema financeiro”, justifica Serrano.

A conselheira eleita lembra a importância dos bancos públicos para o desenvolvimento do Brasil, com foco em investimentos na habitação, infraestrutura, mobilidade, apoio as pequenas e grandes indústrias, dentre outros.

“Foi graças ao sistema bancário público que se conseguiu avançar em anos anteriores no crescimento do país, no aumento da riqueza, da renda e do emprego. Ocorre que agora esses mesmos bancos estão sendo descapitalizados e preparados para um processo de privatização, que com certeza no médio prazo vai criar problemas para sustentabilidade dessas instituições e por consequência haverá uma dificuldade muito maior, sem esses instrumentos públicos, para o Estado superar a crise atual e também para o país voltar a ter desenvolvimento sustentável”, avalia Rita Serrano.

Confira a programação do Ciclo de Debates Reforma do Sistema Financeiro Brasileiro:

23 de fevereiro (terça-feira): 9h30

Experiências Internacionais a considerar no debate sobre a reforma do sistema financeiro

 

24 de fevereiro (quarta-feira): 9h30

Bancos públicos, financiamento do desenvolvimento e crédito oficial

 

25 de fevereiro (quinta-feira): 14h30

Propostas para a desconcentração bancária e redução do spread

 

26 de fevereiro (sexta-feira): 9h30

Crédito Cooperativo e Economia Solidária

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

selecione o melhor resultado