Notícias

Eu faco Cultura - Captacao .jpg

20/08/19 15:57 / Atualizado em 20/08/19 20:13

minuto(s) de leitura.

Programa de incentivo à cultura da Fenae começa a receber recursos

Produtores culturais e agentes das Apcefs iniciaram, nesta segunda-feira (19), visitas às agências de seis capitais brasileiras para tirar dúvidas e apresentar resultados do Eu Faço Cultura

Nesta segunda-feira (19) iniciou-se a ação corpo a corpo para a captação de recursos para o Programa Eu Faço Cultura nas cidades de Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte e Salvador. Os produtores culturais beneficiados pelo Programa irão até as agências e prédios da Caixa junto com representantes das Apcefs para tirar dúvidas, apresentar os resultados do Eu Faço Cultura e fazer as adesões dos empregados na hora.

A ideia da campanha deste ano é mostrar o impacto que o Programa tem na cultura do país e na vida dos produtores e beneficiários amparados. Empregados da Caixa interessados em apoiar a cultura brasileira e participar do Eu Faço Cultura podem destinar parte do seu Imposto de Renda para o Programa.

O período de adesões ao Eu Faço Cultura já está aberto e se estenderá até dezembro. Os empregados da Caixa poderão destinar parte dos seus impostos de renda para o apoio e a democratização do acesso à cultura em todo o país. Com o valor arrecado na campanha de captação, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, a plataforma do Eu Faço Cultura compra ingressos e produtos culturais de produtores do mercado e distribui gratuitamente para pessoas de baixa renda que estão à margem do acesso à cultura e a arte.

Desde 2016, com a chegada da plataforma digital, já foram distribuídos mais de 265 mil ingressos e livros para aproximadamente 800 ONGs e escolas públicas. Só no último ciclo, entre setembro de 2018 e maio de 2019, foram mais de 47 mil livros e ingressos para beneficiários de todo o Brasil. E a ideia do Programa é crescer ainda mais, alcançando novas cidades e novos públicos.

Saiba como apoiar a cultura no Brasil

As adesões são feitas pelo próprio site do Eu Faço Cultura eufacocultura.com.br/captacao.

Os empregados que quiserem destinar parte do imposto de renda ao Programa precisam fazer a declaração no modelo completo e ter em mãos o valor do imposto devido do último ano. A fase de corpo a corpo começa agora, mas já há cerca de 100 empregados participantes, totalizando uma média de R$ 77 mil em adesões.

Todas as informações estão disponíveis no site do Eu Faço Cultura, mas se ainda houver alguma dúvida, você, empregado Caixa, pode solicitar que a equipe do Programa visite a sua lotação de trabalho. Basta entrar em contato com a Fenae ou Apcef pelo e-mail sociocultura@fenae.com.br para marcar a visita.

 

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado