Notícias

02/02/16 14:30 / Atualizado em 02/02/16 14:33

minuto(s) de leitura.

Presidente da Fenae e dirigentes do SINPAF debatem mobilização contra o PLS 555/2015

No encontro realizado na sede da Federação, em Brasília (DF), foram reforçados os riscos do projeto para as estatais de todo o país. Nesta quarta-feira, entidades e trabalhadores realizam o Dia Nacional de Luta em Defesa das Empresas Públicas

Notícias

O presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira, se reuniu nesta terça-feira (2) com dirigentes do Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Instituições de Pesquisa Agropecuária e Florestal (SINPAF). Durante o encontro, ocorrido na sede da Federação, em Brasília (DF), foi debatida a mobilização dos funcionários de empresas públicas para barrar o PLS 555/2015, projeto de lei do Senado que cria o Estatuto das Estatais.

Dentre as empresas que fazem parte da base do SINPAF está a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), que pode ser atingida pela proposta. Segundo o presidente do sindicato, Júlio Guerra, a instituição tem papel estratégico para o Brasil. “Temos orientado os trabalhadores das empresas de nossa base para fazer parte das mobilizações.  Que procurem as centrais sindicais do seu estado e participem dos protestos e articulações”, enfatiza.

Para o presidente da Fenae, a mobilização dos trabalhadores nesse momento é fundamental para evitar a votação do PLS 555. “O projeto é uma ameaça não apenas à Caixa 100% pública, mas a outras estatais federais, estaduais e municipais. Sob o pretexto da transparência, o projeto reintroduz o modelo do Estado Mínimo, que tanto combatemos na década de 90. Se não houver mobilização, o PLS vai passar, pois temos um Congresso conservador, grandes interesses do capital e a conivência forte da mídia”, destaca Jair Ferreira.

Os trabalhos no Congresso recomeçam nesta terça-feira e trabalhadores de estatais de todo o país estão mobilizados, em Brasília, contra a ameaça representada pelo PLS 555. As atividades são coordenadas pelas entidades que formam o Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas (CUT, CTB, Intersindical, CSP-Conlutas, Nova Central, Fenae e FUP). Nesta quarta-feira (3), será realizado o Dia Nacional de Luta em Defesa das Empresas Públicas.

Projeto

O PLS 555/2015 foi criado por uma comissão mista formada por parlamentares da Câmara dos Deputados e do Senado, e presidida pelo senador Tasso Jereissati (PSDB-CE). O projeto incorporou propostas que já se encontravam em tramitação no Congresso Nacional, como o substitutivo ao PLS 167/2015, o PLS 343/2015, de Aécio Neves (PSDB-MG) e o anteprojeto apresentado pelos presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado