Notícias

29/09/09 09:26 / Atualizado em 29/09/09 09:26

minuto(s) de leitura.

Precárias condições de trabalho levam Apcef/SP a denunciar Caixa no Ministério Público do Trabalho

Fenae Net

A Apcef/SP encaminhou denúncia ao Ministério Público do Trabalho (MPT) contra a Caixa Econômica Federal, relativa à exigência de trabalho nos fins de semanas pelos gerentes, sem o devido pagamento de remuneração correspondente.

O documento informa que para participar do Feirão Imobiliário, realizado de 24 a 27 de setembro, os gerentes foram convocados a trabalhar no evento e não puderam registrar a jornada. Resultado: não receberam pelas horas extras realizadas, o que configura uma estratégia da empresa para burlar a legislação.

Esse foi o segundo feirão em que os empregados da Caixa em São Paulo foram obrigados a trabalhar sem o pagamento das horas extras, inclusive no fim de semana. O primeiro ocorreu em meados de agosto, quando foi realizado o Feirão Auto.

Devido a essas exigências, que interferem diretamente nas condições de trabalho, a Apcef/SP vem recebendo inúmeras denúncias e manifestações de contrariedade e indignação dos gerentes que foram convocados para trabalhar nos feirões.

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado