Notícias

Fenae Midia Folha de Sao Paulo 600x400.jpg

11/11/20 17:21 / Atualizado em 11/11/20 17:21

minuto(s) de leitura.

PDV da Caixa volta a repercutir na imprensa

Um dos destaques foi a matéria da Folha de São Paulo com declaração do presidente da Fenae, Sergio Takemoto, alertando que a medida faz parte da estratégia de privatização do banco público

O Programa de Demissão Voluntária (PDV), lançado pela Caixa no dia 6 de novembro, voltou a ser destaque em veículos circulação nacional e regional nesta terça-feira (10). A Folha de São Paulo divulgou matéria, informando que a intenção do banco é atingir 7.200 empregados, ou seja, 8,5% do quadro de funcionários de aproximadamente 84,3 mil pessoas. 

Na notícia, o jornal destaca ainda declaração do presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), Sergio Takemoto, em que alerta que o PDV faz parte de uma estratégia da gestão de Pedro Guimarães para facilitar a privatização das subsidiárias da Caixa e o interesse do setor privado nessas companhias.  

Takemoto declarou à Folha que este foi o maior PDV feito pela Caixa até o momento e que não houve nenhuma comunicação do banco com as entidades sindicais da categoria. O dirigente lembrou ainda que o déficit de empregados chega a 17 mil. 

O lançamento do Programa de Demissão Voluntária também foi destaque em outros veículos como Yahoo, Folha de Pernambuco, Diário de Cuiabá, Folha de Londrina, Amazonas Atual, DL News-Rio Preto (SP), dentre outros. 

PDV

As adesões estarão abertas de 9 a 20 de novembro e os desligamentos acontecerão entre 23 de novembro e 31 de dezembro. A previsão da Caixa é a adesão de mais de 7.200 empregados. os empregados que aderirem ao PDV receberão o incentivo financeiro equivalente a 9,5 Remunerações Base (RB). 

São elegíveis ao PDV empregados que se aposentaram antes de 13 de novembro de 2019 (data em que entrou em vigor a Emenda Constitucional 103 da reforma da previdência), os funcionários que recebem adicional de incorporação, aqueles que forem aptos a se aposentar até 31 de dezembro deste ano e que tiverem solicitado a aposentadoria ao INSS depois de 6 de novembro e os empregados que tiverem 15 anos ou mais de casa. 

Empregados que estão com 75 anos ou mais de idade ficam de fora do PDV. O último plano de desligamento voluntário da Caixa aconteceu no final do ano passado.

 

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado