Notícias

QRC1.jpg

26/05/20 21:04 / Atualizado em 27/05/20 16:36

minuto(s) de leitura.

Para evitar filas, Caixa TEM vai incluir pagamentos por QR Code

Além da opção de pagar contas e fazer compras pelo cartão virtual, a novidade é uma medida para evitar aglomerações nas agências, que colocam a população e os empregados em risco de contágio pelo novo coronavírus

Nos próximos dias uma nova versão do aplicativo Caixa Tem vai incluir a opção de realizar pagamentos por meio do QR Code. A novidade é importante para que os beneficiários tenham mais possibilidades de utilizar o valor do auxílio emergencial e, principalmente, evitar filas nas agências para sacar o valor de R$ 600,00. O anúncio foi feito pelo presidente do banco, Pedro Guimarães, na segunda-feira (25).

O QR Code é um código de barras com informações na vertical e horizontal (o que difere do código de barras convencional) utilizado para fazer pagamentos. Quando estiver habilitado no aplicativo Caixa TEM, o beneficiário deve apontar o celular com o aplicativo aberto para o código. O débito será feito sem necessidade do cartão.

O presidente da Fenae, Sérgio Takemoto, avalia que a iniciativa é necessária e lembra que os saques para quem tem Poupança Social Digital Caixa só podem ser feitos a partir do dia 30 de maio. Até lá os beneficiários podem utilizar o valor depositado para pagar contas e fazer compras, evitando o deslocamento até as agências. “É mais um medida importante que vem depois de muita insistência das associações representativas dos empregados para que a direção da Caixa criasse alternativas para evitar as aglomerações nas agências, que arriscou a saúde da população e dos empregados”, disse.

Os saques e transferências para quem se cadastrou pelo aplicativo Auxílio Emergencial ou está no Cadastro Único só serão permitidos a partir do dia 30 de maio, de acordo com o mês de nascimento. Até esta data, é possível fazer movimentações por meio do aplicativo Caixa TEM. De acordo com a direção da Caixa, mais de mil sites aceitam o cartão virtual para débitos. Também é possível comprar em lojas físicas. Para isso, a Cielo adaptou um modelo de maquininha para receber o pagamento nesta modalidade.

Balanço -  A Caixa já pagou 56,6 milhões de beneficiários até esta terça-feira (26). Considerando a segunda parcela, 44,2 milhões de brasileiros já receberam o benefício. 101,2 milhões de pessoas se cadastraram para receber o valor, mas ainda há quase 10 milhões de cadastros aguardando análise da Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social).  O cadastro no programa pode ser feito até o dia 3 de julho.

Cartão de débito virtual -  os mais de 40 milhões de beneficiários que recebem pela Poupança Social Digital Caixa podem utilizar o cartão de débito virtual para compras na internet em sites e aplicativos que aceitam débito. A utilização do cartão virtual tem crescido muito. De acordo com a direção da Caixa, até o dia 26 de maio foram realizadas 644,1 mil compras.

 Saiba como emitir:

- É preciso confirmar se o aplicativo Caixa TEM está atualizado;

- Acesse o aplicativo Caixa TEM e, na tela inicial, selecione a opção "Cartão de Débito Virtual";

- Na tela, selecione a opção "Usar agora meu Cartão de Débito virtual";   

- Digite sua senha do Caixa Tem, que foi cadastrada para usar o aplicativo;

- O aplicativo vai mostrar uma imagem com dados do cartão para o beneficiário utilizar na internet: número com 16 dígitos, validade e código de segurança de 3 dígitos. A partir daí já é possível utilizá-lo.

- Agora basta informar os dados fornecidos pelo aplicativo nas lojas que aceitam débito.

 

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado