Notícias

20200716_youtubefilme_600x400 16.07.png

17/07/2020 08:00 / Atualizado em 18/07/2020 16:00

minuto(s) de leitura.

Não Toque em Meu Companheiro terá exibição exclusiva e gratuita para os empregados Caixa neste domingo

Após o filme, às 19h30, haverá uma live no Instagram do Canal Brasil para contar os bastidores do documentário. Não percam!

Preparem o sofá e a pipoca! Depois de estrear nas plataformas de streaming NetNow, Oi Play, FilmeFilme e Looke nesta quarta-feira (15), agora é a vez de Não Toque em Meu Companheiro ser exibido exclusivamente para os empregados da Caixa, no YouTube. A apresentação será neste domingo (19), das 16h às 17h30, por meio deste link: https://youtu.be/7rCXEIDFVqw

“É uma oportunidade para que os empregados conheçam um dos momentos mais difíceis e mais ricos da nossa categoria. Não é fácil fazer a luta, não é fácil fazer a mobilização dos trabalhadores; mas sempre vale a pena”, ressalta Sérgio Takemoto, presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa.

O filme é dirigido pela premiada cineasta Maria Augusta Ramos e coproduzido pela Fenae. Durante 75 minutos, os empregados da Caixa vão conhecer uma história de empatia e solidariedade que marcou a greve dos bancários em 1991, especialmente a da Caixa Econômica Federal. O presidente da época era Fernando Collor - sob o pretexto de “moralizar” o serviço público, Collor começou um desmonte das empresas públicas, retirou direitos e demitiu funcionários. Empregados de todos os bancos decidiram realizar uma greve geral para reparar as injustiças aos trabalhadores e responder ao “arrocho salarial” do governo.

A greve durou 21 dias. E apenas os empregados da Caixa foram punidos - 110 foram demitidos. É aí que começa uma rede de solidariedades dos outros quase 45 mil funcionários do banco público. Juntos, eles iniciaram o movimento “Não Toque Meu Companheiro”, pagaram o salário dos demitidos e não sossegaram até a reintegração dos 110 colegas, em 1992.

Um dos empregados demitidos, o ex-presidente e atual diretor de formação da Fenae, Jair Ferreira, lembra os dias de luta. “Ninguém está acostumado a ser demitido e, neste caso, foram demissões injustas. Sofremos retaliação do Governo. Lutávamos pelos direitos de todos os empregados”, conta.

“Ao mesmo tempo em que essa história me comove, ela me angustia. Porque estamos vivendo outro momento, que é o oposto dessa luta e dessa mobilização que levou a várias conquistas”, disse a cineasta Maria Augusta Ramos.

Além da conversa entre os empregados demitidos e a nova geração de trabalhadores da Caixa, o documentário faz um paralelo entre o governo da época e o atual e suas políticas neoliberais. Mostra as semelhanças entre Collor e Bolsonaro e suas tentativas de privatizar o banco público e retirar direitos dos trabalhadores. Há, ainda, a participação da filósofa Marilena Chauí e do economista e professor Luiz Gonzaga Belluzzo, que falam sobre a flexibilização e as relações do trabalho.

Live no Canal Brasil, domingo, às 19h30

Para conhecer mais detalhes e os bastidores do documentário Não Toque em Meu Companheiro, o presidente da Fenae, Sérgio Takemoto; o diretor Jair Ferreira e a diretora Maria Augusta Ramos, vão bater um papo sobre o longa-metragem no instagram do Canal Brasil. Será neste domingo, 19 de julho, às 19h30. Assistam ao filme e corram para lá depois!

Sessão exclusiva para empregados da Caixa

Data: 19 de julho (domingo)

Horário: das 16h às 17h30

Link: https://youtu.be/7rCXEIDFVqw

 

 

Para assistir nas plataformas streaming

Não Toque em Meu Companheiro poderá ser assistido nas cinco plataformas aos preços de R$ 6 (FilmeFilme), R$ 6,45 (Vivo Play), R$ 7,45 (Net Now), R$ 9,99 (Looke) e R$ 12,90 (Oi Play). Em breve, o documentário também estará no iTunes (R$ 14,90) e no Google Play (R$ 6,90). Para os trabalhadores da Caixa, o filme terá acesso gratuito no período de 16h às 17h30 do próximo domingo (19).

  

 

 

 

 

 

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado