Notícias

14/10/10 12:49 / Atualizado em 14/10/10 13:51

minuto(s) de leitura.

Mulheres e negros são contemplados com a valorização de 16,33% no piso dos bancários

O reajuste de 16,33% conquistado pela greve nacional dos bancários no piso - alcançando aumento real de 11,54% e o valor de R$ 1.250 – vai contribuir para promoção da igualdade de gênero e raça dentro dos bancos. Atualmente, a maioria das mulheres e negros ocupa funções mais baixas da carreira, sendo beneficiados diretamente pelo aumento dos pisos.

Além do piso de escritório, o piso de caixa subiu para R$ 1.709,05 (incluindo gratificação de caixa e outras verbas), constituindo um reajuste de 13,82%, com aumento real de 9,15%. Trata-se de outra conquista que melhora a remuneração, avalia a Contraf-CUT.

Segundo a entidade, o alcance das medidas para os setores discriminados nos bancos fica comprovado pelos dados do Mapa da Diversidade, pesquisa que comprovou a desigualdade de condições de mulheres e negros no setor financeiro. Os números mostram que as mulheres representam 53,3% dos chamados cargos funcionais, que recebem os menores rendimentos. Por outro lado, apenas 19% estão em cargos de direção e superintendência.

O mesmo ocorre entre os negros, parcela da população que está sub-representada na categoria em relação a sua presença na População Economicamente Ativa (PEA) do país: são 19% dos bancários, enquanto atingem 35,7% da PEA. Nos bancos, também estão majoritariamente na base da pirâmide salarial, ocupando 20,6% dos cargos funcionais e apenas 4,8% dos cargos de superintendência e direção.

"A valorização dos pisos é um avanço nesse sentido por atingir de forma direta as populações discriminadas nos bancos. Esse, porém, é apenas um passo numa situação complexa, como mostram os números", afirma Deise Recoaro, secretária de Políticas Sociais da Contraf-CUT.

Para ela, uma medida importante para avançar nesta questão seria a implantação de Plano de Cargos, Carreira e Salários em todos os bancos, com critérios objetivos e transparentes para a definição das promoções, acabando com a avaliação subjetiva dos gestores e diminuindo a margem para discriminações.

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado