Notícias

Belagua600x400

20/01/17 07:40 / Atualizado em 20/01/17 13:25

minuto(s) de leitura.

Movimento Solidário vai inaugurar equipamentos e entregar óculos em Belágua

São quatro tanques para peixes, um galpão para criação de galinhas e centenas de óculos. Presidente da Fenae destaca a importância da ajuda dos empregados da Caixa

Notícias

O próximo fim de semana será de festa nas comunidades de Mocambo, Jabuti, Santa Maria e Pilões, em Belágua (MA). É que serão inaugurados quatro tanques de peixes e um galpão para criação de galinhas, mais uma realização do Movimento Solidário no município maranhense. O evento contará com a presença do presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira, de presidentes das Apcefs do Maranhão e Piauí, e representantes da Integra e da PAR Corretora de Seguros, parceiras da ação que pretende dobrar o IDH da cidade em cinco anos.

No sábado, no clube social localizado na sede de Belágua, será feita também a entrega simbólica de cerca de 500 óculos de grau para adultos e crianças que realizaram exames oftalmológicos no final do ano passado. “É gratificante poder ajudar comunidades carentes a construírem seu próprio caminho, dando condições para que eles possam ir mais longe. E tudo isso com a fundamental ajuda dos colegas da Caixa, que sempre abraçaram nosso projeto”, ressalta Jair.

Em um ano e meio de ação em Belágua, o Movimento Solidário pode dizer que já está transformando a realidade das famílias da região. E o trabalho está apenas começando, pois, a intenção é atuar durante alguns anos para dar autonomia permanente para as famílias atendidas. O município maranhense tem 7.191 habitantes e está entre os 100 mais pobres do país, com o IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) de 0,512.

Nas comunidades rurais, o grande problema ainda é a falta de energia e de água potável. Com o apoio das representações políticas e administrativas do Maranhão e o engajamento dos empregados da Caixa de todo o país, a intenção é articular ações para mudar essa realidade. Foi isso que ocorreu em Caraúbas do Piauí (PI), onde o Movimento Solidário chegou em 2005 e cumpriu a meta de dobrar o IDH, após nove anos de atuação.

Desde que o Conselho Deliberativo Nacional (CDN) da Fenae escolheu Belágua para receber as ações do programa, uma equipe foi formada para discutir e organizar com as comunidades as ações prioritárias e o que fazer para dar segurança alimentar e gerar renda para cerca de 500 famílias em dez localidades rurais. A indicação da cidade levou em conta sugestões enviadas pelas Apcefs e considerou, além do baixo IDH, critérios como população e acesso à localidade.

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado