Notícias

27/05/15 08:18 / Atualizado em 27/05/15 08:18

minuto(s) de leitura.

Movimento Solidário da Fenae encerra atividades em Caraúbas do Piauí nesta quinta-feira

Ato será marcado por inauguração da padaria comunitária Nosso Pão e pela entrega de kit de inseminação para a Aproleite. Evento contará com a participação de autoridades piauienses, como o governador Wellington Dias, e de dirigentes da Fenae

Fenae Net

Nesta quinta-feira (28), o programa Movimento Solidário encerra suas atividades em Caraúbas do Piauí (PI), município que em 2005 ocupava o 18º lugar entre as cidades com pior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Para marcar a data, será inaugurada a padaria comunitária Nosso Pão e ocorrerá a entrega do kit de inseminação para a Associação dos Produtores de Leite (Aproleite).

O evento contará com a participação do governador do Piauí, Wellington Dias, da senadora Regina Sousa (PT/PI), da secretaria de Educação do Estado e deputada federal, Rejane Dias (PT/PI), do deputado federal Assis Carvalho (PT/PI) e do superintendente do Estado do Piauí em Brasília, Roberto John.

A Fenae será representada pelos diretores Jair Pedro Ferreira (presidente); Natascha Brayner Sobreira (Comunicação e Imprensa) e Moacir Carneiro (Cultura), e pela analista de Responsabilidade Social e Empresarial, Denise Viana. Participam também a gerente de Gente da PAR Corretora de Seguros, Cristina Leal, e as diretoras da Apcef/PI, Maria Hortência Oliveira e Maria Helena Ferraz.

As atividades de encerramento do Movimento Solidário em Caraúbas devem começar às 8h50, com visita ao mini polo de confecções e horta comunitária. Em seguida, ocorrerá a inauguração da padaria comunitária e a entrega do kit de inseminação.

Atuação
Desde 2006, o programa de responsabilidade social e empresarial da Fenae e do Grupo PAR tem realizado ações e buscado parcerias da sociedade civil, órgãos dos governos federal e estadual e instituições privadas para mudar os indicadores sociais na cidade.

No município, as políticas sociais na área da saúde, educação e de distribuição de renda, realizadas com doações de parceiros e de milhares de empregados da Caixa, foram fatores determinantes para as melhorias em Caraúbas.

De acordo com o Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013, publicado neste mês pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), o município melhorou sua classificação, passando para 0,505 (dado referente ao ano de 2010). O IDH dos municípios vai de 0 a 1: quanto mais próximo de zero, pior o desenvolvimento humano; quais mais próximo de um, melhor. O índice considera indicadores de longevidade (saúde), renda e educação.

“A Fenae foi a articuladora dessas ações que têm propiciado o desenvolvimento sustentável de Caraúbas e a geração de renda”, enfatiza a diretora de Comunicação e Imprensa da Fenae, Natascha Brayner Sobreira. Segunda ela, as políticas sociais nas áreas de saúde, educação e de distribuição de renda foram fatores determinantes para a elevação do Índice de Desenvolvimento Humano na cidade.

Belágua
Encerradas as ações em Caraúbas do Piauí, o Movimento Solidário já tem novo destino. A partir do segundo semestre começa o planejamento para a realização de ações em Belágua, município maranhense, que fica distante 113 quilômetros de São Luís, a capital.

A escolha da cidade foi referendada pelo Conselho Deliberativo Nacional (CDN) da Fenae, em reunião realizada no início de abril deste ano. Para indicar Belágua, a área de responsabilidade social e empresarial considerou indicadores sociais como baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), mortalidade infantil, taxa de alfabetização e renda por habitante, entre outros.

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado