Notícias

audiencia Publica_Jair.jpg

20/08/20 20:53 / Atualizado em 21/08/20 11:29

minuto(s) de leitura.

Fenae participa de audiência pública para debater as privatizações das estatais

Diretor da Fenae, Jair Pedro Ferreira, destacou a importância das empresas públicas, como a Caixa, nesse momento de crise causada pela pandemia

Debater a tentativa do governo federal e dos estaduais de privatizar as empresas públicas. Esse foi o tema da audiência pública promovida pela Frente Parlamentar pela Preservação da Soberania Energética Nacional nesta quinta-feira (20). Por videoconferência, o encontro reuniu representantes das estatais como Caixa, Banco do Brasil, Petrobras, Correios e Eletrobrás. Representando os empregados da Caixa, o diretor de formação da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), Jair Pedro Ferreira, destacou a importância do Estado em momentos de crise como o cenário em que o Brasil se encontra.

"Esses espaços de debate são fundamentais para a gente crescer, para desenvolver a nossa consciência e ajudar a acabar com essa história de Estado falido, de Estado mínimo. Estado mínimo é tirar dinheiro das pessoas, é tirar direito do cidadão e da cidadã, que é a política que está sendo colocada", avaliou Ferreira.

O diretor destacou também a Medida Provisória 995, que permite a privatização de subsidiárias do banco público e foi editada para agilizar a agenda liberal de vender operações como seguros e cartões. Ferreira afirmou que o governo e a direção da Caixa criaram a MP para legalizar as aberturas de capital que já vem sendo feito. Ainda de acordo com ele, parte dos dividendos será divido com investidores, deixando de ir para a população.

"Nós precisamos nos juntar e falar isso para a sociedade. A sociedade vai perder esse patrimônio, o lucro vai ser entregue para alguém", afirmou.

A reunião foi conduzida pelo deputado federal Pompeo de Mattos (PDT/RS) que também ressaltou a importância das empresas para o Brasil. Para o deputado, o governo é o inquilino da casa que é o Brasil e não se pode vender essa casa que é do povo brasileiro. “Se estão nos atacando em cadeia, nós vamos formar uma rede para fazer o contraponto do enfrentamento. Esse é o nosso proposto que trata da nossa soberania”, ressaltou.

O deputado Pedro Uczai (PT/SC) destacou que a população precisa ser consultada sobre as privatizações que o governo federal está em vias de fazer. “Eu apresento uma proposta para o debate. Todos sabemos como as empresas públicas são estratégicas. O que precisamos é unificar a nossa energia. Vamos fazer um plebiscito e dizer não as privatizações. Vamos fazer um plebiscito para mostrar que a sociedade é contra a entrega do nosso patrimônio”, apresentou.


MP 995

A mobilização ganhou mais 28 adesões, que se juntam a parlamentares federais, estaduais e municipais, entidades da sociedade civil e representativas de classe. O manifesto, lançado no dia 11 de agosto, denuncia a tentativa de privatização da Caixa Econômica Federal. Com isso, o documento já tem 253 apoios.

Acesse mais notícias sobre a MP 995 aqui e confira o manifesto!

 

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado