Notícias

07/07/15 08:27 / Atualizado em 08/07/15 08:07

minuto(s) de leitura.

Fenae apresenta programa Movimento Solidário ao Governador do Maranhão

No encontro com Flávio Dino, ocorrido nesta segunda-feira, o presidente da Federação, explicou quais são as diretrizes do programa e os critérios utilizados para escolha de belágua, município maranhense, para ser contemplada com ações do Movimento Solidário

Em reunião realizada nesta segunda-feira (6), no Palácio dos Leões, em São Luís (MA), a Fenae apresentou ao governador do Maranhão, Flávio Dino, as diretrizes do programa Movimento Solidário, que tem por objetivo articular ações de desenvolvimento com foco em educação, saúde e geração de renda em comunidades que apresentam elevado índice de pobreza. Depois de passar oito anos atuando em Caraúbas do Piauí (PI), as ações do programa passarão a ser realizadas este ano em Belágua, cidade maranhense que está entre os 100 municípios mais pobres do país, com o IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) de 0,512, ocupando a 94ª posição.

O presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira, destacou que o município foi escolhido com base em levantamentos realizados pela área de Responsabilidade Empresarial e Social da Federação, do grupo PAR e da PAR Corretora, que considerou além do baixo IDH, critérios como população, acesso à cidade, entre outros. A indicação da cidade foi aprovada  em abril deste ano pelo Conselho Deliberativo Nacional(CDN), formado pelos presidentes das 27 Apcefs filiadas à Federação.

Segundo Jair Ferreira, está previsto um período de cinco anos de trabalho do Movimento Solidário em Belágua. “O Governo já tem uma política para atingir os 30 municípios com menor IDH, e Belágua está entre eles. Essa receptividade do governador em colocar os secretários para dialogar com a gente foi surpreendente e com certeza teremos boas ações em conjunto e vamos estar aqui outras vezes conversando sobre ações mais concretas”, enfatizou o presidente da Fenae.

O ‘Movimento Solidário’ tem como objetivo apresentar soluções para que uma cidade social e economicamente excluída tenha condições de atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), a partir do apoio da Fenae,  dos governos estadual e municipal, da comunidade local e dos empregados da Caixa.

"Foi decisivo para a transformação em Caraúbas  do Piauí o apoio especialmente dos empregados da Caixa, que doaram pontos do Mundo Caixa para serem revertidos nas ações desenvolvidas no município", enfatiza Natascha Brayner.

De acordo com o governador Flávio Dino, as diretrizes apresentadas pela Fenae para a idealização do ‘Movimento Solidário’ em Belágua vão ao encontro dos objetivos do programa do governo estadual‘Mais IDH’, o que possibilitará um avanço significativo nos indicadores sociais da cidade. Ele destacou também que o governo está aberto ao diálogo e parcerias com todas as autoridades municipais e entidades sociais e privadas que queiram se unir ao projeto de desenvolver o Maranhão.

O prefeito de Belágua, Adalberto Rodrigues, também participou da reunião e comemorou a chegada do ‘Movimento Solidário’ no município destacando que as ações do ‘Mais IDH’ já são notórias e que mais um projeto para melhorar os índices sociais será de grande relevância para o desenvolvimento da população belaguense.

“Belágua precisa da mão amiga do Governo do Estado, que nós já temos, e da Fenae, que partir de amanhã começa a nos ajudar para em breve podermos ter uma cidade que diga que teve um momento de situação difícil, mas que hoje se encontra na fase de desenvolvimento, com um povo mais alegre, mais esperançoso. É isso que a gente deseja”, ressaltou o prefeito.

Participaram também da reunião a diretora de Comunicação e Imprensa da Fenae, Natascha Brayner; a analista de Responsabilidade Social e Empresarial, Denise Viana; a presidenta da Apcef/MA, Giselle Menezes; os secretários de Estado de Assuntos Políticos e Federativos (SEAP), Márcio Jerry, e de Direitos Humanos e Participação Popular (SEDIHPOP), Francisco Gonçalves; o secretário adjunto de Monitoramento e Suporte da SEAP, Valdemilson Almeida, entre outros.

Agenda

Nesta terça-feira (7), os representantes da Fenae iniciam a visita à Belágua. Serão realizadas novas reuniões com gestores municipais e entrevistas com moradores para fazer o mapeamento dos povoados e potencialidades do município.

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado