Notícias

LIVRO_INSPIRA FENAE.jpg

21/04/18 11:08 / Atualizado em 08/04/19 09:07

minuto(s) de leitura.

Espaço Viva Fenae tem lançamento de livro

No local também é possível conhecer os projetos e programas da Fenae e Apcefs e se cadastrar para concorrer a prêmios

Nos intervalos das palestras, os participantes do Inspira estão tendo a oportunidade de conhecer melhor programas e projetos como o Nosso Valor, o Mundo Caixa , Movimento Solidário, e outros benefícios que são oferecidos aos associados das Apcefs e empregados da Caixa. Para isso, basta visitar o espaço Viva Fenae/Apcef. Nele, cinco estações relacionadas à atividade da Fenae e das Apcefs possibilitam uma dinâmica maior com o público. São elas: Educação e Conhecimento, Fenae Transforma, Cultura, Benefícios e Bem-estar, além do Espaço Fenae. 

Foi lá também que ocorreu o lançamento do livro “Se é público, é para todos”. Coletânea de textos sobre empresas públicas brasileiras, a publicação integra ações contra a desvalorização e desmonte das empresas públicas do país. O evento contou com a presença de uma das autoras, a representante dos empregados no Conselho de Administração da Caixa, Rita Serrano.

“O livro abre espaço para a valorização das empresas públicas e sua defesa. No caso específico da Caixa, mostra sua influência decisiva na vida dos brasileiros e nos rumos do país, além de dar protagonismo a seus empregados, tirando-os do anonimato”, explica Rita.

Com o apoio da Fenae e da Federação Única dos Petroleiros (FUP), a obra é organizada pelo sociólogo Emir Sader e traz ainda textos do economista Fernando Nogueira da Costa (sobre bancos estatais) e do coordenador da FUP, João Moraes (trajetória da Petrobras), além do próprio Sader.

Primeira na fila para receber o livro e a dedicatória, a aposentada Efigênia Mônica, 56 anos, associada da Apcef Minas Gerais, parabenizou Rita Serrano pelo trabalho desenvolvido no Conselho de Administração da Caixa: “Essa campanha é fundamental, em especial na defesa da Caixa, pois quanto mais a população perceber a importância dessa empresa, melhor para o país”, afirma ela.

Para o também aposentado Alberto Jorge, 54 anos, associado da Apcef Pernambuco, a Caixa sempre esteve ao lado dos menos favorecidos da sociedade. “Foi na Caixa que os escravos depositavam suas economias para comprarem sua alforria, foi na caixa que, antes da conquista do voto, as brasileiras já podiam abrir suas próprias contas sem interferência dos pais ou marido”, ressaltou.

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado