Notícias

EdCorporate _7_.jpg

19/07/16 08:39 / Atualizado em 19/07/16 08:44

minuto(s) de leitura.

Entidades representativas voltam a reivindicar funcionamento do GT Funcef

A cobrança foi feita pela coordenadora da CEE/Caixa, em reunião com o presidente da Fundação. Fabiana Matheus também apresentou sugestão para que seja publicada uma cartilha detalhando, por plano de benefícios, os resultados de 2015

Fenae Net

A Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/Caixa), que assessora a Contraf/CUT nas negociações com o banco, voltou a cobrar o funcionamento do Grupo de Trabalho Tripartite para debater vários temas relacionados à Funcef. A reivindicação foi feita nesta segunda-feira (18) pela coordenadora da CEE/Caixa, Fabiana Matheus, em reunião com o presidente da Fundação, Sérgio Mendonça. Enilson Cardoso da Silva, do Sindicato dos Bancários de Brasília, também participou do encontro.

Fabiana Matheus lembrou que o colegiado foi instituído em 13 de maio e que a primeira reunião foi agendada para o dia 31 do mesmo mês. No entanto, em 18 de maio, por exigência dos eleitos em 2014, que foram inclusive contrários à criação do GT, a Diretoria Executiva da Funcef suspendeu a portaria que instituiu o grupo, sem dar satisfações às entidades que o comporiam. No dia 2 de junho, em resposta a ofício enviado pela CEE/Caixa, a direção do banco destacou que o funcionamento depende apenas da Funcef.

“As entidades representativas têm lutado em defesa da Funcef e dos participantes e assistidos desde a criação do fundo, em 1977. Em outros GTs, conseguimos avanços importantes como a proposta de incorporação do REB, o saldamento do REG/Replan e a melhoria dos benefícios dos aposentados. Conquistamos, na mesa de negociação permanente, a criação do Grupo de Trabalho. Não abriremos mão da nossa presença”, avisa Fabiana Matheus.

A portaria que criou o GT Tripartite determinou que os temas a serem tratados são: contencioso judicial, voto de Minerva, incorporação do REB ao Novo Plano, reformulação do Comitê de Investimentos, política de investimentos, consulta direta aos participantes, Fundo de Acumulação de Benefício (FAB) e Fundo de Revisão de Benefícios (FRB).

Sugestão de cartilha


A Contraf/CUT e a CEE/Caixa também sugeriram ao presidente da Funcef a publicação de uma cartilha que esclareça para participantes e assistidos, de forma didática e por plano de benefícios, os resultados do fundo de pensão em 2015. “É fundamental que os verdadeiros donos da Funcef recebam sempre de maneira transparente as informações acerca da entidade, sobretudo no que diz respeito aos investimentos realizados”, enfatiza o documento.

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado