Notícias

30/04/2008 - P

30/04/08 09:50 / Atualizado em 13/12/08 10:55

minuto(s) de leitura.

Diretoria e Conselho Fiscal da Fenae tomam posse em cerimônia na Apcef/DF

Novos dirigentes foram empossados pela presidenta do CDN, Francisca de Assis Araújo Silva (Apcef/PI). Ato foi marcado pelo vigor na luta e pela expressividade política

Fenae Net

Em cerimônia presidida por Francisca de Assis Araújo Silva, presidenta eleita do Conselho Deliberativo Nacional (CDN), a Diretoria Executiva e o Conselho Fiscal da Fenae para o triênio 2008-2011 tomaram posse na noite de ontem (29 de abril), no Clube da Apcef/DF, em Brasília (DF), com a presença de cerca de 450 pessoas. Foi um ato marcado pelo vigor na luta e pela expressividade política, a começar pelo princípio que norteou essa posse solene: “Nas grandes batalhas da vida, o primeiro passo para a vitória é o desejo de vencer” (Mahatma Gandhi).

A cerimônia foi bastante concorrida. Reuniu empregados da Caixa, dirigentes das associações do pessoal de todo o país, lideranças de entidades dos aposentados, de sindicatos, federações e confederações de bancários, dirigentes da Caixa e da Funcef, parlamentares e representantes de entidades dos trabalhadores.

No cargo de presidente foi empossado Pedro Eugenio Leite, vice-presidente da gestão que encerrou seu mandato. A mesa dos trabalhos foi composta por Francisca de Assis Araújo Silva (presidenta da Apcef/PI e do CDN), Clarice Copetti (vice-presidente de Tecnologia da Informação e representando a presidenta da Caixa), Guilherme Lacerda (presidente da Funcef), José Carlos Alonso (presidente da Fenae na gestão 2005-2008), Vagner Freitas (presidente da Contraf/CUT) e Pedro Eugenio Leite (presidente eleito para a gestão 2008-2011).

Uma Fenae, uma Caixa, uma Funcef e um país vivos e mais conscientes das suas tarefas foram ressaltados por todos os oradores. A Fenae, por exemplo, foi lembrada como ferramenta de integração do movimento associativo, com destaque para a parceria com as entidades de representação dos aposentados e com as entidades sindicais e dos movimentos sociais.

O ambiente da posse da Diretoria e do Conselho Fiscal da Fenae está expresso nos discursos dos componentes da mesa dos trabalhos. Confira o que foi falado na ocasião:

Clarice Coppetti
“Saúdo a Fenae e desejo muito êxito para a sua nova gestão. Um dos desafios é prosseguir com o processo de interação entre trabalhadores e empresa, construído, muitas vezes, com base em paradigmas diferenciados. Nossa disposição é ampliar cada vez mais o canal aberto de negociação, fortalecendo a Caixa como banco público, para que continue a operar como o maior agente de políticas públicas do país.

Temos procurado, em conjunto com os empregados, construir um banco público forte para atender todas as demandas da sociedade brasileira. É ainda necessário dar seqüência à tarefa de consolidar ainda mais o trabalho desenvolvido pela Fenae”.

Guilherme Lacerda
“A Fenae é fruto de muitas mãos, muitas lutas e muitas histórias. Estamos obtendo vitórias espetaculares. Tudo isso é resultado de um ambiente construído por muitas lideranças, especialmente pelo presidente Lula, que tem realizado uma revolução no país.
A Funcef tem orgulho de conviver com a Fenae e conseguir resolver problemas corporativos históricos. O corporativismo é necessário em uma sociedade democrática. Temos muitos desafios pela frente, um dos quais é fazer uma sociedade mais justa e mais feliz”.

Vagner Freitas
“O dia da posse da Diretoria da Fenae é importante, porque temos conquistado uma trajetória vitoriosa. O Brasil tem criado condições do ser vanguarda do movimento mundial dos trabalhadores, e a Fenae tem sido parceira do movimento sindical para construir um Brasil melhor.

A Fenae tem dado sua contribuição para que ocorram avanços significativos nos direitos dos trabalhadores. O fortalecimento do movimento sindical brasileiro tem trazido importantes conquistas para os trabalhadores e para a democracia. Um dos exemplos disso foi o reconhecimento formal das centrais sindicais.

A Fenae cresceu e cada vez mais se mostra instrumento de luta da classe trabalhadora. A Fenae poderá contar sempre com a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf/CUT), porque a Fenae é importante na vida de todos nós”.

José Carlos Alonso
“O movimento nacional dos empregados está de parabéns. No último período, uma importante reivindicação, a gestão paritária na Funcef, foi conquistada. Soubemos enfrentar os ataques à Caixa, no período do desmonte do patrimônio público. Uma das bandeiras mas caras foi a manutenção da Caixa como banco público.

A cada momento o conflito aparece. Temos conseguido grandes vitórias pela luta do movimento associativo e sindical. A Caixa, mais do que uma empresa, é uma vocação. Os aposentados são exemplo disso. Na gestão que ora se encerra, a Fenae teve crescimento de participação no cotidiano do pessoal da Caixa. Esse fenômeno se deu pela parceria com o movimento sindical, com os aposentdos, com a Caixa Seguros, com a Funcef, com a Caixa.

Houve muitas realizações. A próxima gestão tem muitos desafios. Afinal, há muito por fazer. Mas a Fenae terá a ajuda necessária para levar adiante esse trabalho”.

Francisca de Assis Araújo
“É um momento de alegria, esperança, confiança, coragem, determinação e disposição de luta. Queremos a Caixa melhor para todos: cidadãos, empregados, sociedade. Este desafio é nosso.

A Fenae está vivendo o melhor momento de sua história, fruto de muitas lutas. Podemos contribuir para levar o trabalho adiante. A imagem da Caixa passa pelo empregado. Não acabaram as lutas, não acabaram as dificuldades. Temos que correr para melhorar nossas vidas.

Sofremos juntos e construímos juntos. Temos vontade de fazer e vontade de vencer. Começa, agora, uma nova etapa”.

Pedro Eugenio
“A nova Diretoria da Fenae assume uma grande responsabilidade, devido ao enorme trabalho feito nos últimos anos. Vamos nos esforçar muito para a Fenae ter uma gestão que os empregados merecem. Nas eleições, tivemos uma grande vitória: 66% dos votos válidos. Uma vitória desse tamanho se consegue com parceria. Parceria com as Apcefs, com os sindicatos, com a Fenacef (aposentados) e com a Fenag (gestores).

Nos últimos anos, houve uma revolução na Funcef e a Fenae teve grande participação nesse processo, mas queremos mais e vamos continuar cobrando a melhoria dos benefícios e do atendimento. Vamos cobrar da Caixa o que consideramos que os empregados merecem. Sabemos de qual lado estamos: do lado dos empregados e vamos defender seus direitos nas relações com a Caixa e com a Funcef”.

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado