Notícias

sindicato_AL.jpeg

11/12/2020 20:20 / Atualizado em 11/12/2020 20:20

minuto(s) de leitura.

Dia de luta reúne empregados e população contra o desmonte da Caixa

Também houve engajamento online. No tuitaço a população confirmou que o Brasil precisa da Caixa. Houve ainda a manifestação por meio do aplicativo Manif.app

Empregados e a sociedade se uniram contra o desmonte da Caixa, por mais respeito aos empregados e contratações no dia de luta que aconteceu nesta sexta-feira (11). A mobilização em defesa da Caixa também reuniu movimento sindicais e associativos em frente às agências, vestidos de preto, para protestar contra a privatização da Caixa, por mais contratações e em defesa dos empregados.


O Dia de luta aconteceu também por meio do twitter. Com as hastags #MexeuComACaixaMexeuComOBrasil #MaisContrataçõesMenosFilas e #CaixaRespeiteOEmpregado, a população confirmou que o Brasil precisa da Caixa, o principal banco público do país, e a os trabalhadores deixaram claro a insatisfação com relação a falta de empregados no quadro da empresa. Atualmente, mais de 19 mil empregados já saíram da Caixa e não há previsão de novas contratações. Por meio do aplicativo de manifestação online, a população também participou do ato virtual, na Matriz I da Caixa, em Brasília (DF).

A luta também foi contra a reestruturação. As mudanças impostas pela Caixa têm atingido diretamente a vida dos empregados. Muitos estão cansados e adoecendo com as exigências de metas e jornadas exaustivas da Caixa. "Esse dia de luta é em defesa e valorização dos empregados. E claro por mais contratações. A reestruturação que a Caixa está fazendo prejudica os empregados que estão cansados e adoecendo. Precisamos transformar nossa indignação em mobilização e luta", afirmou a coordenadora da Comissão Executiva dos Empregados (CEE/Caixa), Fabiana Uehara Proscholdt.

Segundo o presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), Sergio Takemoto, é importante que os empregados e a sociedade saibam o prejuízo que o desmonte de Caixa pode causar ao país. "Precisamos nos unir contra essa gestão que está fatiando a Caixa e deixando os empregados doentes. Precisamos lutar contra a privatização da Caixa e por mais contratações", afirmou Takemoto. 

Em Minas Gerais, Apcef e Sindicato dos Bancários de Belo Horizonte e Região se uniram contra o desmonte. O diretor de Administração e Finanças da Fenae, Clotário Cardoso, participou do ato em frente à agência Tupinambás, no centro de Belo Horizonte (MG). "Foi um dia de defesa da Caixa 100% pública e dos empregados. O sindicato fez uma bela manifestação em que os trabalhadores participaram, a população mostrou sua indignação pelo descaso com o banco. Muitos clientes entenderam o nosso recado", afirmou Cardoso.

Confira as fotos abaixo das manifestações pelo país

Alagoas

sindicato_AL.jpeg

São Paulo

SP.jpeg

sp_2.jpg

 


Minas Gerais

MG.jpeg

 


Piauí

PI.jpg

 


Paraiba

Joao_pessoa.jpeg

 

 

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado