Notícias

MP 905_CARD 400.jpg

18/11/2019 18:29 / Atualizado em 18/11/2019 19:01

minuto(s) de leitura.

Dê sua opinião sobre MP que aumenta carga horária dos bancários

Medida Provisória modifica trechos da legislação trabalhista, acabando com a jornada de seis horas diárias e 30 horas semanais será mantida apenas para operadores de caixa

 

O site do Senado está com consulta pública aberta sobre a MP 905, assinada pelo governo federal na última segunda-feira (11), que modifica trechos da legislação trabalhista, acabando com a jornada de seis horas diárias para a maioria dos bancários, permitindo o trabalho aos sábados e domingos, o valor da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) dos trabalhadores também pode ficar menor.

Clique aqui e dê sua opinião sobre a MP 905 

Para o presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa (Fenae), Jair Pedro Ferreira, esse é mais um ataque aos direitos dos bancários, conquistados ao longo de muitos anos de luta da categoria. “A Fenae não concorda com essa medida e vai atuar em todos os meios possíveis para assegurar nossos direitos e conquistas”, ressaltou Jair. 

Os sindicatos estão se mobilizando para pressionar deputados e senadores para que votem contra a MP 905, no Congresso. O Comando Nacional dos Bancários afirmou que se aplicarem os pontos da MP 905/19 imediatamente, a categoria irá reabrir a Campanha Nacional dos Bancários porque não aceitará de maneira nenhuma a perda de direitos fundamentais. Diante desse posicionamento a Fenaban recuou da intenção de aplicar imediatamente a medida até a próxima negociação, marcada para o dia 26 de novembro. 

Alguns artigos da MP já estão valendo desde a data em que foi editada, ou seja, desde segunda-feira 11, mas como é uma medida provisória, ela perde a validade caso não seja aprovada pelo Poder Legislativo em um prazo de 120 dias. Os Sindicatos também estão analisando o que pode fazer juridicamente contra a MP, que em alguns aspectos é inconstitucional. 

Bancários e bancárias também podem pressionar deputados e senadores para que votem contra a MP 905. Você pode enviar mensagens nas redes sociais ou e-mails, cobrando respeito aos nossos direitos.

Com informações do SindBancários-Porto Alegre e Região 

Leia Mais:
MP do governo reduz direitos dos bancários
Bancários conseguem barrar aplicação imediata da MP 905

 

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado