Notícias

03/10/07 09:14 / Atualizado em 13/12/08 10:55

minuto(s) de leitura.

CUT faz ato para reivindicar democracia nas concessões de emissoras de rádio e TVs abertas

Algumas concessões vencem na próxima sexta-feira, entre elas a da Rede Globo, Rede Bandeirantes, Rede Record, SBT e CNT/Gazeta

Fenae Net

No próximo dia 5 de outubro, sexta-feira desta semana, a Central Única dos Trabalhadores (CUT) organiza atos em pelo menos 11 capitais para marcar o lançamento da campanha nacional por democracia e transparência nas concessões de emissoras de rádio e TVs abertas. Neste dia vencem várias dessas concessões, entre elas emissoras próprias e afiliadas da Rede Globo, Rede Bandeirantes, Rede Record, Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) e CNT/Gazeta.

A campanha nacional preparada pela CUT, em parceria com entidades de movimentos populares e organizações da sociedade civil, terá como mote “Concessões de rádio e TV: quem manda é você”. O objetivo é discutir com a população o caráter público dessas concessões, denunciando uma série de irregularidades praticadas pelas empresas na exploração do serviço de radiodifusão.

No Brasil, o sistema de rádio e TV é público. Ocorre que, nesta área, imperam interesses privados, a ponto de empresários reinarem sozinhos, ditarem regras e não cumprirem o que determina a Constituição.

Para começar a mudar essa situação, a campanha “Por democracia e transparência nas concessões de rádio e TV” vai elaborar o documento “contrato popular de concessões”, a ser entregue às emissoras e aos parlamentes do Congresso Nacional. Também estão previstas audiências com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e no Ministério das Comunicações e Ministério Público Federal. Serão realizadas ainda manifestações durante a Semana de Democratização da Comunicação, prevista para o período de 15 a 21 de outubro.

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado