Notícias

16/02/12 08:52 / Atualizado em 16/02/12 08:49

minuto(s) de leitura.

Conselho Deliberativo da Funcef aprofunda discussão sobre contencioso jurídico

Fenae Net

O Conselho Deliberativo da Funcef iniciou nesta quarta-feira, dia 15 de fevereiro, em sua reunião mensal ordinária, realizada em Brasília, o debate sobre a revisão da classificação das probabilidades de perda, assim como da metodologia de mensuração dos valores envolvidos nas ações judiciais e do provisionamento do contencioso jurídico. A Diretoria de Planejamento e Controladoria fez apresentação do assunto. Os conselheiros remeteram a conclusão do debate para a próxima reunião ordinária.

Os conselheiros eleitos entregaram ao presidente do Conselho Deliberativo, Marcos Vasconcelos, um ofício subscrito pelas entidades representativas dos associados, no qual cobram providência da Caixa em relação ao custo gerado pelas ações judiciais de cunho trabalhistas nos planos de benefícios da Fundação. Confira aqui mais detalhes sobre o documento aprovado em reunião do Fórum de Dirigentes de Entidades com Representantes Eleitos para a Funcef.

Os conselheiros aprovaram a revisão do planejamento estratégico 2011/2015, incluindo a proposta de ampliação do estudo a respeito da área de tecnologia da informação. Ocorrerá em março uma reunião do Conselho Deliberativo em que será tratado especificamente de TI, o que envolverá definição a respeito do Sistema Corporativo Planus, a partir de avaliação a ser feita por uma comissão interna. Foi aprovada também a proposta de suplementação orçamentária para prorrogação de contratos de empregados e transferências de vagas entre as representações regionais da Funcef.

A pauta da reunião do Conselho Deliberativo contemplou ainda apresentação da Diretoria de Investimentos para atualização das informações sobre a construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu.

Invepar
O Conselho Deliberativo iniciou discussões acerca de negócios via Companhia de Investimentos e Participações em Infra-Estrutura S/A (Invepar). Estão em análise as participações tanto em leilões de aeroportos como em todos os demais investimentos em que o fundo tem interesse.

Os debates terão prosseguimento no dia 7 de março, em reunião convocada exclusivamente para tratar deste assunto. Na oportunidade, a Fundação definirá o seu nível de participação no conjunto de negócios anunciados pela Invepar, podendo seguir ou não a estratégia adotada pelo fundo. Isso equivale a dizer que a Funcef ainda não se definiu, por exemplo, quanto à sua participação na administração do aeroporto de Guarulhos, cujo leilão foi vencido pela Invepar.

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado