Notícias

ConselhoSaudeCaixa190918-600x400.jpg

25/09/2018 07:23 / Atualizado em 25/09/2018 07:29

minuto(s) de leitura.

Conselho de Usuários do Saúde Caixa cobra informações financeiras e regularização de demandas à Central de Atendimento

A reunião foi realizada na semana passada. Os representantes dos usuários também solicitaram esclarecimento sobre a suspensão do plano pela ANS

Notícias

Na última quarta-feira (19), foi realizada a reunião do Conselho dos Usuários do Saúde Caixa, em Brasília. Na ocasião, foram apresentadas as informações financeiras do primeiro semestre de 2018, números da Central de Atendimento, além de uma prévia do diagnóstico elaborado pela consultoria atuarial contratada pela Caixa.

Os representantes dos usuários também solicitaram esclarecimento sobre a suspensão do Saúde Caixa pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e foram informados de que em a partir de 10/09, o Saúde Caixa recuperou a sua condição de inclusão de novos beneficiários, conforme o disposto no ACT 2018-2020 e normativos internos. As demandas que não foram atendidas em razão da suspensão devem serão regularizadas pela Central de atendimento, que dará prioridade a esses casos.

A Vesting Consultoria atuarial, contratada para apresentar o diagnóstico da situação atuarial do Saúde Caixa, com base nas projeções de 2018 a 2020 apresentou informações preliminares da análise feita, sem qualquer parecer conclusivo sobre o relatório atuarial. Cabe ressaltar que a Caixa não apresentou o relatório atuarial de 2017, e permanece pendente desde novembro deste relatório.

As informações financeiras que vêm sendo apresentadas, especialmente a partir de 2016,  também não estão com as devidas regularizações das pendências referentes à inadimplência, bem como em relação a questões de ordem operacional. Uma série de inconsistências foi gerada no decorrer do processo de implantação do novo sistema de gerenciamento do Saúde Caixa (SIAGS/Benner) em 2016, e está pendente de regularização ate hoje. Entre elas, persiste a ausência de regularização ou aperfeiçoamento do sistema contratado para gerenciar o Saúde Caixa - o SIAGS (Sistema de Gerenciamento), a cobrança dos valores (mensalidade e coparticipação) referentes aos empregados que se aposentaram nos planos de PDVE, os valores de coparticipação superior à margem de débito mensal, entre outras inconsistências.

Essas informações são relevantes para que se tenha segurança quanto à situação de custeio do plano, ou seja, para a verificação da real necessidade de ajuste dos itens de custeio para o exercício seguinte.

“Nosso papel é acompanhar a operação de perto, estarmos atentos  e analisar os números. Além de entender onde estão as falhas que precarizam ou prejudicam o atendimento aos usuários. Para isso, dependemos da colaboração do banco, pois somente a Caixa detém as informações para as tomadas de decisões estratégicas que afetam diretamente a qualidade do serviço prestado e o atendimento às demandas dos usuários”, explica a conselheira eleita Ivanilde Miranda.

A GESEC, atual unidade gestora da Central de Atendimento do Saúde Caixa, levou informações atualizadas sobre os atendimentos prestados pela terceirizada. De acordo com o relatório, em agosto, as reclamações sobre cadastro registraram aumento de 65,97% em relação a julho, em função da suspensão de inclusão de beneficiários imposta pela ANS. Demandas relativas a problemas de faturamento cresceram 31,46%. Essa situação, segundo informação da Caixa, já está normalizada e aqueles que ainda tiverem algum problema para fazer a adesão de algum dependente, devem entrar em contato com a Central de Atendimento.

O Conselho

Com formação paritária, o Conselho de Usuários foi criado em 2004 e conta com cinco representantes eleitos pelos usuários e cinco membros indicados pela Caixa. Os mandatos duram três anos e a gestão atual foi empossada em março de 2017.

Os atuais membros eleitos e seus suplentes são Ivanilde Moreira (Apcef/SP), Eliane Streicher Chatah (aposentada de São Paulo/SP), Maria Izabel Menegatti (Rio de Janeiro/RJ), Edmar Martins André (Vitória/ES), Zuleida Martins Rosa (aposentada de Florianópolis/SC), Helenilda Ribeiro Cândido (Brasília/DF), Márcia Boiczuk Krambeck (aposentada de Curitiba/PR), Lilian Minchin (Campinas/SP), Vera Lúcia Leão (aposentada de Goiânia/GO) e Paulo Moretti (aposentado de Recife/PE).

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado