Notícias

15/04/09 16:00 / Atualizado em 15/04/09 16:02

minuto(s) de leitura.

Confira resultado do concurso Cartum Fenae 2008

O empregado da Caixa lotado na Agência Ouro Preto (MG), Pablo Bráulio de Souza, conquistou o primeiro lugar no concurso Cartum Fenae 2008, com a obra “A primeira Sexta-feira a gente nunca esquece”. Ele vai ganhar o prêmio de 100 mil pontos a serem resgatados por produtos no site www.programapar.com.br, além de troféu e certificado.

O segundo colocado foi o participante Rafael Henrique Sevilha, lotado no Shopping Interlar Aricanduva, em São Paulo (SP), com a obra “Evolução da Se(Hum)ana”. A terceira colocação também saiu para um participante da capital paulista: Celso Vilela Paciência, lotado na Agência Mandaqui. Ele conquistou o prêmio com a obra “Noite de Sexta”.

No júri popular a vencedora foi a participante Janine de Sousa Leite, lotada na Rerop/SP, também em São Paulo. Ela conseguiu o maior número de votos do público com a obra “A pior sexta-feira”.

A premiação de cada vencedor bem como as obras finalistas estão publicadas no site http://web.fenae.org.br/cartum2008.

Avaliação dos jurados
As obras foram avaliadas pelo ilustrador José Duarte, pelo desenhista e cartunista Frechiani, e pelo diretor de arte Roberto Fernandez.

O ilustrador José Duarte avalia que o concurso trouxe um tema desafiador para os participantes. “A espera pela sexta-feira foi uma idéia recorrente. Quem conseguiu enxergar um ponto de vista diferente dessa idéia acabou se destacando do conjunto”, avalia o profissional.

O cartunista Frechiani elogiou o bom nível dos trabalhos. Ele explica que durante a avaliação ele procurou focar a idéia desenvolvida pelo participante, mas que no geral as boas idéias estavam tecnicamente bem executadas. Ele ressalta: “O cartum tem que ser entendido imediatamente. Quanto menos texto, melhor.

Como dica geral, os jurados recomendam muito treino e criatividade para sair do lugar comum. Outra dica é a atenção à modalidade, como explica José Duarte: “Cartum é mais atemporal, universal, enquanto a charge depende de um contexto; é importante entender essa diferença para enviar a obra na modalidade exigida pelo concurso”.

José Duarte é ilustrador, natural de Belo Horizonte (MG) e reside em Brasília desde 1958. Trabalhou pela primeira vez como desenhista em uma fábrica de carimbos no Núcleo Bandeirante (DF). Em seguida trabalhou na primeira agência de publicidade da nova capital. Fez parte da equipe do “Jornalzinho de Brasília”, suplente dominical dirigido ao público infanto-juvenil. Ajudou a criar a combativa revista “Risco” e participou de diversos Salões de Humor em Brasília (DF) e em outros estados.

Frechiani é desenhista e cartunista, natural de Itaçu (ES). Começou carreira como desenhista, cartunista e técnico de comunicação na Conab, empresa ligada ao Ministério da Agricultura. Trabalhou como ilustrador no Correio Braziliense e Jornal de Brasília. Participou de diversos salões de humor como: I° Salão Aberto de Desenho de Humor (Menção honrosa) e recentemente, I° Salão Internacional Pátio Brasil de Humor e Ecocartoon.

Roberto Fernandez é diretor de criação da Agência JWT Brasil. É formado em administração de empresas e publicidade. Atuou em diversas agências de publicidade em Curitiba e em São Paulo, conquistando diversos prêmios nacionais e internacionais.

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado