Notícias

IMG_0303_resize_72 _1_.jpg

19/05/2021 17:22 / Atualizado em 19/05/2021 17:27

minuto(s) de leitura.

CEE/Caixa e entidades solicitam à Caixa prorrogação do prazo para certificação do curso CPA-20

Curso exigido para exercício da função de Gerente Geral está suspenso, até o mês de junho, em função da pandemia

A Comissão Executiva de Empregados da Caixa (CEE/Caixa), a Apcef/SP e outras entidades representativas dos trabalhadores do banco solicitaram à Caixa a prorrogação do prazo para apresentação da certificação CPA-20. A Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) reforça a necessidade de prolongar o prazo para evitar o descomissionamento dos empregados.

  O curso, obrigatório para o exercício da função de Gerente Geral, tem prazo estipulado pela Caixa para o dia 1° de julho de 2021. No entanto, segundo ofício enviado pela CEE/Caixa à Vice-Presidência Rede de Varejo (Vired), a certificação está suspensa pela Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais) - responsável por conceder a certificação. As inscrições só devem ser retomadas a partir do dia 15 de junho. 

  “Já pautamos esse assunto na mesa de negociação do dia 11 de maio e solicitamos a prorrogação do prazo. Esperamos agilidade da Caixa para resolver o problema, já que a ausência da certificação pode acarretar descomissionamento dos empregados com a função”, informou a coordenadora da CEE/Caixa, Fabiana Uehara Proscholdt.

Fabiana lembra, ainda, que a certificação é exigida aos empregados que comercializam ações, como as da Caixa Seguridade.

O presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), Sergio Takemoto, reforça o pedido de prorrogação do prazo. “Além do prazo exíguo, esta é mais uma cobrança para os empregados que já estão sobrecarregados, cumprindo metas desumanas. Precisamos assegurar que todos tenham a oportunidade de fazer a certificação, para crescer na carreira e evitando o descomissionamento. Esperamos que a Caixa acolha a solicitação”, ressaltou.

 O presidente da Apcef/SP, Leonardo Quadros, reforça a prorrogação do prazo também em função da nova exigência da Caixa, que passa a cobrar a certificação CPA-20 em vez da CPA-10. 

 E alerta sobre os prejuízos aos empregados, caso a Caixa não adie a certificação. 

 “O eventual descomissionamento dos empregados com função de Gerente Geral também prejudica a Caixa, que perde profissionais altamente qualificados, além de prejudicar a carreira e a trajetória profissional na empresa”, disse Leonardo Quadros. 

 CPA-20 na Rede do Conhecimento

 Os cursos bancários CPA-20, CPA-10 e CEA, muito procurados pelos empregados que desejam ampliar a qualificação profissional e também se prepararem para a prova da Anbima, estão disponíveis gratuitamente na Rede do Conhecimento para os associados à Fenae e às Apcefs. Acesse!

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

selecione o melhor resultado