Notícias

EFC prazo_600x400 09.12.jpg

09/12/20 19:15 / Atualizado em 09/12/20 19:18

minuto(s) de leitura.

Campanha 2020 do Eu Faço Cultura foi prorrogada

Quem ainda não está participando, agora tem até 14 de dezembro para aderir ao Programa e ajudar a levar cultura para quem precisa

 

Quem está na Caixa há mais de 15 anos vai lembrar: o processo de adesão ao Eu Faço Cultura era conhecido pelos empregados como Movimento Cultural do Pessoal da Caixa (MCPC). Este movimento, em 2006, foi responsável pelo crescimento de 366% do incentivo realizado por pessoas físicas em todo o país.  

Para simplificar esse processo, em 2018 o Movimento foi unificado ao Programa Eu Faço Cultura, que centralizou as captações dos recursos. Hoje, como plataforma digital, a iniciativa já ajudou milhares de pessoas a terem acesso à arte, distribuindo produtos culturais a idosos, Pessoas Com Deficiências, ONGs, MEIs e beneficiários de programas sociais.

E de onde vem esse dinheiro? Esse é o grande diferencial do Programa. Os empregados Caixa ajudam o Eu Faço Cultura sem gastar nada, direcionando parte do seu Imposto de Renda para o projeto e, assim, ajudando a democratizar o alcance à cultura no Brasil. Lembrando que para ter acesso ao benefício fiscal é necessário fazer a declaração no modelo completo.

O Eu Faço Cultura seguirá levando experiências e oportunidades para muita gente em 2021 mas, para isso, continua precisando das adesões. Como 2020 está sendo um ano atípico, as captações ainda não atingiram a meta, por isso precisamos do apoio de todos. A cultura está passando por grandes dificuldades neste período de crise e o Programa é uma excelente forma de incentivar.

Participe! Entre no site até o dia 14 de dezembro e ajude produtores culturais e também pessoas em situações de vulnerabilidade a terem renda, cultura e mais chances de sonhar.

 

 

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado