Notícias

05/11/15 09:58 / Atualizado em 05/11/15 10:03

minuto(s) de leitura.

Caixa vai creditar primeira parcela da PLR nesta sexta-feira

No banco, a PLR é composta pela regra básica Fenaban, pelo valor adicional e pela PLR Social. O que for recebido até R$ 6.677,55 está isento de IRPF, e o que passar disso terá tributação escalonada

A Caixa Econômica Federal creditará nesta sexta-feira, dia 6 de novembro, o pagamento a todos os empregados da primeira parcela da Participação nos Lucros e Resultados. No banco, a PLR é composta pela regra básica Fenaban, pelo valor adicional e pela PLR Social. O que será pago agora corresponde a 60% do total devido. O que for recebido de PLR até R$ 6.677,55 está isento de Imposto de Renda Pessoa Física. Acima disso, a tributação é escalonada.

“Essa isenção foi uma conquista muito importante. A luta começou em 2011 e resultou na Medida Provisória nº 597, assinada pela presidenta Dilma Rousseff, que entrou em vigor em 1º de janeiro de 2013”, destacou Fabiana Matheus, coordenadora da Comissão Executiva de Empregados (CEE/Caixa) e diretora de Administração e Finanças da Fenae.

Prevista na Convenção Coletiva Nacional de Trabalho 2015/2016, a regra básica da PLR corresponde a 90% do salário mais valor fixo de R$ 2.021,79, limitado a R$ 10.845,92. Se o total apurado ficar abaixo de 5% do lucro líquido, será utilizado multiplicador até atingir esse patamar ou 2,2 salários do empregado, limitado a R$ 23.861, o que ocorrer primeiro. A parcela adicional corresponde a 2,2% do lucro líquido dividido entre os funcionários, até o limite individual de R$ 4.043,58.

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado