Notícias

card-fenae-corona-alerta-FB-600x400.png

17/03/20 16:53 / Atualizado em 17/03/20 19:09

minuto(s) de leitura.

Caixa confirma primeiro caso de coronavírus e PCDS estão sem Saúde Caixa

Primeiro caso de coronavírus foi confirmado hoje pela Caixa. Enquanto isso os novos trabalhadores continuam sem plano de Saúde

A Fenae publicou ontem (16) uma matéria exigindo que a Caixa inclua os novos trabalhadores no Saúde Caixa imediatamente e o resultado foi que dezenas pessoas, em sua maioria PCDs, procuraram a entidade para dar seus relatos e pedirem ajuda.

C.M, trabalhador da Caixa e PCD, diz que o slogan “banco da inclusão” é uma farsa e que se sente discriminado por ter colegas, aprovados no mesmo concurso, que possuem o plano de Saúde. “Só porque somos PCDs´? Fazemos nosso trabalho como qualquer outro e não queremos outro plano de Saúde. Queremos o Saúde Caixa já”, desabafa.

Outra trabalhadora, que prefere não se identificar, reclama que, principalmente neste momento de pandemia, quem mais precisa de plano de saúde não tem. E reforça que o Saúde Caixa é questão de segurança do trabalhador.

Outra trabalhadora PCD lembra que são quase 2 mil funcionários PCDs, que precisam, além de lutar todos os dias para mostrar que são capazes, lidar com o medo de não ter o Saúde Caixa num momento onde eles estão tão vulneráveis à doença. Além de medo, o sentimento é de exclusão.

Em meio à uma pandemia, e com o número de infectados aumentando todos os dias, os trabalhadores exigem que o Saúde Caixa, nos moldes de hoje, seja para todos e que a extensão do plano de saúde para os novos trabalhadores aconteça já.  

No dia que o primeiro caso de coronavírus foi confirmado pela Caixa, o banco limitou-se a lidar reativamente com a situação. Não há nenhuma preocupação com a saúde dos trabalhadores. Lave as mãos e tente remarcar reuniões não é nem de longe suficiente.

A PCD, que trataremos pela alcunha de V.G, trabalha no atendimento expresso e ontem mesmo teve contato com uma cliente que tossia e apresentava falta de ar. Perguntada, a cliente confirmou que estava aguardando o resultado do exame que fez para confirmar se estava com coronavírus, após chegar de viagem.

A necessidade de inclusão destes trabalhadores no Saúde Caixa é imediata pois o perigo de vida é real.  Ainda ontem (16), a Fenae encaminhou ofício ao banco para exigir a imediata inclusão dos seus trabalhadores no Saúde Caixa, o plano de saúde dos trabalhadores da Caixa.

O primeiro caso de contágio na Caixa foi confirmado hoje, mesmo dia em que o ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou injetará R$ 21,5 bilhões no FGTS para permitir que cotistas façam novos saques a partir dessa quinta-feira (19/3).

As próximas semanas serão decisivas para a contenção ou proliferação do vírus e a postura  que a Caixa adotou até agora põe em risco os seus trabalhadores e a população em geral. 

  

 

 

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado