Notícias

20/10/2011 08:35 / Atualizado em 20/10/2011 08:35

minuto(s) de leitura.

Brasil ainda carece de saneamento. 44,8% dos municípios ainda não possuem sequer esgoto

Fenae Net

Apesar da melhora registrada nos últimos anos, o Brasil ainda está muito longe de ter uma rede de saneamento básico abrangente e eficiente. Dos 5.564 municípios existentes no país, 2.945 – 44,8% do total – não contam com sistema coletor de esgoto. Os dados são do Atlas do Saneamento 2011 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), abrangendo os anos de 2000 a 2008.

Nesse período, segundo o IBGE, houve um crescimento expressivo do número de municípios atendidos pela rede de saneamento. Em 2000, existiam 41,5% dos municípios no país com coleta de esgoto, número que subiu para 55% em 2008. Melhora significativa também foi registrada no quesito rede de distribuição de água, passando de 97% dos municípios para 99% em oito anos. O manejo de resíduos sólidos (lixo) só não ocorre em duas cidades.

Houve salto no manejo de águas pluviais, sendo atendidos hoje pelo sistema 94% dos municípios. Em relação à rede coletora de esgoto, as melhorias mais intensas ocorreram nos grandes centros urbanos. A pesquisa do IBGE aponta ainda como preocupante o alto risco de contaminação das águas em todo o país, sobretudo na região Nordeste. Por toda a costa do país e alguns pontos do interior, encontram-se muitas áreas sob ameaça de poluição aos recursos hídricos, devido a esgoto não tratado adequadamente.

O mapa do IBGE revela a existência de bacias hidrográficas país afora com resíduos industriais perigosos. Ao todo, são 10 áreas sob essa condição.

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado