Notícias

17/06/2011 09:30 / Atualizado em 17/06/2011 13:15

minuto(s) de leitura.

Bancários de São Paulo elegem Juvandia Moreira para presidência do Seeb/SP

Com 83,49% dos votos, Juvandia Moreira foi eleita para presidência do Sindicato dos Bancários de São Paulo nos próximos três anos. Com este resultado, pela primeira vez em 88 anos de história da entidade, os bancários paulistas elegem uma mulher para conduzir a categoria. É que Juvandia assumiu a presidência do Seeb/SP em maio de 2010, quando o então presidente Luiz Cláudio Marcolino licenciou-se para disputar uma vaga na Assembléia Legislativa de São Paulo e foi eleito. O diretor da Fenae Kardec de Jesus Bezerra integra a diretoria eleita. A posse dos 88 integrantes da nova direção do Sindicato será realizada no mês de julho.

A votação aconteceu durante três dias. A apuração começou na noite desta quinta-feira, 16 de junho, e o resultado divulgado na madrugada desta sexta-feira, 17 de junho. Ao todo foram apurados 32.740 votos. A chapa 2 ficou com 16,51% dos votos, e foram registrados 606 votos nulos e 298 brancos.

“Agradeço a todas as bancárias e a todos os bancários que depositaram sua confiança no trabalho que essa diretoria tem desenvolvido até aqui. Agradecemos também a todos que participaram e valorizaram esse tão importante processo: os candidatos da Chapa 2, os trabalhadores que estiveram na estrutura da eleição, enfim todos que fizeram dessa uma eleição democrática, transparente, que fortaleceu nossa categoria”, destacou a presidenta eleita

A apuração dos votos na Quadra dos Bancários foi acompanhada por dezenas de filiados, além de representantes de outros sindicatos de bancários como os de Belo Horizonte, do ABC, do Rio de Janeiro, de Brasília e de Santos, e da CUT, CUT-SP, Contraf-CUT, Fetec-SP, Afubesp, Apcef-SP, e o deputado estadual Luiz Cláudio Marcolino, ex-presidente do sindicato.

Juvandia Moreira é bancária há 19 anos e faz parte da diretoria do Sindicato desde 1997. Para o presidente da CUT, Artur Henrique da Silva, todo o processo eleitoral dos bancários foi um exemplo de democracia. “Isso é uma característica da CUT e desse Sindicato que tem um histórico de lutas. O resultado nos orgulha. Assim como é um orgulho para a CUT que esse Sindicato faça parte da Central. O acerto das políticas adotadas por esse Sindicato resultaram em conquistas da classe trabalhadora. É a vitória de todos os bancários, que estão de parabéns.”

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado