Notícias

ato_virtual_pdc_956_400.jpg

17/12/20 14:13 / Atualizado em 17/12/20 14:27

minuto(s) de leitura.

Ato virtual contra CGPAR 23 e em defesa do projeto que susta seus efeitos acontece hoje (17)

Evento online promovido pela Fenae, Anabb e Anapar será transmitido pelo Facebook da Federação, às 18h

Um ato virtual em defesa dos planos de saúde de autogestão e do Projeto de Decreto da Câmara (PDC) 956, que susta os efeitos da CGPAR 23, será realizado nesta quinta-feira (17), às 18h, com transmissão pelo Facebook da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae).

Promovido pela Fenae, Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (Anabb) e Associação Nacional dos Participantes de Previdência Complementar e de Autogestão em Saúde (Anapar), o ato virtual tem o objetivo de pressionar o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ), a colocar em pauta a votação do PDC 956, da deputada Erika Kokay. O projeto susta os efeitos da Resolução 23 da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da União (CGPAR).

A CGPAR 23 pode extinguir os planos de saúde de autogestão das empresas estatais. A medida altera o modelo de custeio do Saúde Caixa, proíbe novos contratados e determina cobrança por faixa etária, prejudicando os mais idosos - população que, normalmente, mais necessita de cuidados com a saúde. A resolução também altera carências e franquias e reduz a contribuição das empresas estatais no custeio dos planos.

O presidente da Fenae, Sergio Takemoto, avalia que a aprovação do projeto da deputada Erika Kokay é a medida mais urgente para barrar a Resolução. “A CGPAR 23 é mais uma maldade do governo para tirar direitos dos trabalhadores. A mobilização das entidades e dos trabalhadores é crucial para reforçar esta luta em defesa do Saúde Caixa e dos planos de saúde de autogestão das estatais”.

Participam do ato a deputada Érika Kokay (PT-DF) e os deputados Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), Pompeo de Mattos (PDT-RS) e Christino Áureo (PP-RJ), entre outros.

Também apoiam o ato a Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Força Sindical, Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST), União Geral dos Trabalhadores (UGT), Central Dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Federação Única dos Petroleiros (FUP) e Associação dos Funcionários do BNDES (AFBNDES)

 

 

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado