Notícias

24/01/2008 - P

24/01/08 10:28 / Atualizado em 13/12/08 10:55

minuto(s) de leitura.

Aposentados fazem atividades para comemorar seu dia nacional em 24 de janeiro

O Sindicato Nacional dos Aposentados e Pensionistas (Sintapi) terá audiência como o presidente Lula, no Palácio do Planalto

Nesta quinta-feira, dia 24 de janeiro, o Dia Nacional do Aposentado é comemorado em todo o Brasil. A passagem da data será marcada por diversas atividades, culminando com uma audiência a ser concedida pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no Palácio do Planalto, em Brasília, para o Sindicato Nacional dos Aposentados e Pensionistas (Sintapi), vinculado à Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Em São Paulo, o Sintapi programou uma caminhada de dois quilômetros pelo centro da capital paulista rumo ao prédio do INSS, para entregar ao superintendente do órgão um documento com as reivindicações dos aposentados e pensionistas.

Na audiência com Lula, os representantes da categoria pretendem sensibilizar o presidente a adotar uma política de longo prazo de recuperação do poder de compra das aposentadorias e pensões, com índices de reajuste que reflita a realidade do segmento, a exemplo do que foi feito com o salário mínimo. As reivindicações abrangem ainda a melhoria do atendimento nos postos do INSS e nos serviços de transporte, saúde, habitação e respeito ao Estatuto do Idoso.

Atualmente, o Sintapi contabiliza mais de 25,2 milhões de aposentados, aposentadas e pensionistas no país, a maioria sobrevivendo com apenas o benefício de um salário mínimo, considerado insuficiente e causador de problemas para essa massa de pessoas que dedicou anos e anos a construir o Brasil.

A lei que criou o Dia Nacional do Aposentado é de 1981. Foi instituída pelo Congresso Nacional por iniciativa do então deputado federal Benedito Marcílio.

Na Caixa Econômica Federal, a luta dos aposentados e pensionistas tem sido coroada por vitórias importantes. Uma das mais recentes foi a garantia de solução definitiva para o pagamento de complementação denominada Plano de Melhoria de Proventos e Pensões (PMPP), que beneficia os empregados que se aposentaram pelo Serviço de Assistência e Seguro Social dos Economiários (ex-Sasse).

Outras conquistas imprescindíveis foram a implantação do Novo Plano da Funcef, a paridade na gestão via novo Estatuto e o retorno do pagamento do auxílio-alimentação para quem se aposentou até 8 de fevereiro 1995. A luta, agora, é para que esse auxílio seja restabelecido a todos, independentemente da data de aposentadoria. Merece destaque também a participação dos aposentados na Comissão Executiva dos Empregados (CEE/Caixa) para negociar com a empresa em mesas permanentes, conquista sacramentada na campanha salarial de 2007.

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado