Notícias

corona_600x400.png

02/04/20 18:16 / Atualizado em 03/04/20 10:56

minuto(s) de leitura.

Apcefs mantêm medidas para ajudar no combate à pandemia do coronavírus

O atendimento aos associados segue online ou por telefone

Associações do Pessoal da Econômica Federal (Apcefs) estão prorrogando ou mantendo, por prazo indeterminando, o fechamento de suas unidades administrativas e sedes sociais em virtude da pandemia do coronavírus. A medida visa colaborar com combate da doença no Brasil, seguindo o apelo feito pelos órgãos de saúde para as pessoas ficarem em casa. O atendimento aos associados está sendo online e por telefone.

“Estamos preocupados com os trabalhadores de um modo geral.  O que mais vale até aqui, contra a pandemia, é a prevenção, evitando a aglomeração e limitando o contato social”, alerta o presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa (Fenae), Jair Pedro Ferreira.

Em notas divulgadas em seus canais de comunicação, as Apcefs chamam atenção da necessidade do isolamento social para evitar que o contágio se acelere e que a intenção é preservar as vidas dos associados e dos trabalhadores das associações.

“Por recomendação de órgãos públicos, é preciso evitar a aglomeração de pessoas. Portanto, este é o momento de colaborar pelo não alastramento da doença e preservar a saúde”, reforça o presidente da Apcef/PR, Vilmar Smidarle.

Confira a situação nos estados:

Alagoas- Prorrogado o fechamento da sede até 15 de abril

Bahia -Atividades esportivas e sociais permanecerão suspensas até 9 de abril.

Ceará - Suspensão de todas as atividades esportivas e eventos sociais até 5 de abril.

Distrito Federal- Permanecem suspensas atividades na sede social enquanto durarem as medidas previstas no decreto do Governo do Distrito Federal para restringir a circulação de pessoas.

Espírito Santo- Clubes de Bicanga, Colatina e Cachoeiro de Itapemirim fechados, inicialmente, até o dia 14 de abril.

Goiás- Atividades suspensas até o dia 5 de abril

Mato Grosso- Suspensão das atividades até o dia 6 de abril

Maranhão- Atendimento presencial está suspenso na sede social, no Calhau.

Minas Gerais- A Sede Social BH e as Regionais da Apcef/MG continuarão fechadas por tempo indeterminado atendendo as recomendações dos órgãos de saúde.

Pará- Mantem as atividades suspensas

Paraná- Prazo de fechamento das sedes foi prorrogado até o dia 12 de abril.

Paraíba- Mantém a suspensão de todas as atividades sociais e esportivas, com o fechamento do clube por mais 15 dias, podendo haver prorrogação, caso seja necessário.

Pernambuco- Em cumprimento ao decreto estadual, que trata da Decretação de Estado de Calamidade Pública, continua com as atividades suspensas.

Piauí- Mantem as atividades suspensas até que a situação se normalize.

Rio de Janeiro- Sedes permanecem fechadas.

Rio Grande do Sul- Sem previsão de retorno. Seguindo os decretos municipais e estadual, além das orientações da OMS.

Rondônia- Mantém o fechamento de sua social.

Roraima- Atividades continuam interrompidas.

Santa Catarina- Seguindo orientações dos órgãos de saúde manterá totalmente fechada a Sede Social de Jurerê por tempo indeterminado até nova orientação.

São Paulo- Clube da Apcef/SP e os Flats na capital, a Subsede de Bauru e as Colônias de Avaré, Campos do Jordão, Suarão e Ubatuba estão fechadas, assim como a sede administrativa.

Sergipe-  Prorrogado prazo de fechamento do clube até 17 de abril. A secretaria está funcionando normalmente, das 8 às 17h.

Tocantins- Permanece o fechamento do clube para o público por tempo indeterminado

 

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado