Notícias

Filas 14.05.jpeg

23/12/20 16:58 / Atualizado em 23/12/20 17:03

minuto(s) de leitura.

Acompanhe os últimos pagamentos de 2020 do Auxílio Emergencial

O Governo ainda não confirmou se haverá um novo pagamento do benefício se confirmar a segunda onda da pandemia

 

O auxílio emergencial está chegando ao fim. O benefício, criado em abril pelo Governo Federal, foi estendido até 31 de dezembro por meio da Medida Provisória (MP) nº 1000. A Caixa Econômica Federal terá mais três dias de pagamentos do último calendário de 2020, a quem faz parte do ciclo 6. 

Nesta quarta-feira (23), os nascidos em outubro terão o benefício disponibilizado. Na segunda-feira (28) é a vez dos nascidos em novembro receberem o auxílio e no dia 29 de dezembro (terça-feira), os nascidos em dezembro. Aos nascidos de janeiro a setembro, o benefício já foi disponibilizado no dia 21/12. 

Os valores de R$ 300 ou R$ 600 serão depositados pela Caixa na conta digital dos aprovados. Os valores já podem ser movimentados pelo aplicativo CAIXA Tem para pagamento de boletos, compras na internet e pelas maquininhas em estabelecimentos comerciais.

Há também o Auxílio Emergencial Extensão. Nesta quarta-feira (23/12), a Caixa faz o pagamento de R$ 415,6 milhões referente à quarta parcela. Serão contemplados 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com final de NIS número 0. Com isso, a CAIXA encerra os pagamentos do Auxílio ao público do Bolsa Família. 

O Auxílio Emergencial Extensão será pago em até quatro parcelas de R$ 300 cada e, no caso das mães chefes de família monoparental, o valor é de R$ 600.

A Caixa informa que não há necessidade de novo requerimento para receber a extensão do auxílio. Somente aqueles que já foram beneficiados e, a partir de agora, se enquadram nos novos requisitos estabelecidos na MP, terão direito a continuar recebendo o benefício. 

O Governo ainda não confirmou se haverá um novo pagamento do auxílio emergencial se confirmar a segunda onda da pandemia. A Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) mantém a defesa da prorrogação do auxílio, mas no valor integral de R$ 600,00. 

FGTS

Além dos pagamentos, o trabalhador tem até o dia 31 de dezembro para pedir o saque emergencial do FGTS. A Caixa Econômica Federal autorizou, no último dia 7 de dezembro, que os trabalhadores peçam a liberação do recurso.

  

 

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado