Notícias

foto_martinho.jpg

31/05/2021 18:10 / Atualizado em 01/06/2021 17:03

minuto(s) de leitura.

“A vida vai melhorar”, cantou Martinho da Vila nos 50 anos da Fenae

Live-show de um dos maiores nomes do samba teve momentos emocionantes de esperança por tempos melhores e contra o racismo

Ouvir “Parabéns para você” da voz de Martinho da Vila e sua banda no dia do seu aniversário é uma grande honra, concordam? Foi assim que a Fenae celebrou seus 50 anos em defesa da Caixa e de seus empregados, neste sábado (29). A live-show de um dos maiores nomes do samba foi preparada com muito carinho para levar alegria aos empregados da Caixa e da Federação.

“Mesmo num momento difícil como vivemos, não podemos deixar de celebrar a chance de continuarmos vivos e livres para defender aquilo que acreditamos”, disse o presidente da Fenae, Sergio Takemoto, na abertura do show de Martinho da Vila. “Queremos que esse momento seja de felicidade e confraternização. Hoje nós vamos cantar forte, cantar alto. Vamos deixar a tristeza para lá. Porque a vida, como toda certeza, irá melhorar”, disse o presidente da Fenae, usando o trecho de uma das músicas de maior sucesso do cantor, “Canta, Canta, Minha Gente”.

Esta foi uma das músicas da playlist do show e gerou muitos comentários de esperança por tempos melhores. Além de “Canta, Canta, Minha Gente”, Marinho cantou outros sucessos como Madalena do Jucu, “Quem é do Mar não Enjoa”, “Disritmia”, “Ex-amor”, "Devagar, Devagarinho”.

Vidas Negras Importam – Outro momento emocionante do show aconteceu quando Martinho contou uma história que mostra a importância da Caixa para quem mais precisa, há 160 anos.

“A Caixa tem uma história interessante. Um dos seus mais antigos ‘correntistas’ era um escravizado. Desses que trabalhavam na rua, chamados escravo de ganho. Ele depositava na caderneta de poupança da Caixa - com isso ele conseguiu comprar sua alforria. Bonito, né?”, contou Martinho. “A escravidão acabou, mas o racismo permanece. Os negros são os que mais morrem assassinados pela polícia no Brasil. Vou dar um recadinho aqui para os racistas – ‘ ouça bem o que eu tenho a lhe dizer – não existe diferença entre eu e você’, cantou o início da música “Vidas Negras Importam”. Que ainda diz: “Uma vida negra importa e quem assim não pensa tem a consciência torta”.



Talentos Fenae 

 

 

 

 

 

 

-  Durante a divulgação da live, o empregado Caixa e participante do Talentos Fenae, Júlio Lucchesi, contou sobre sua alegria em saber que a Fenae comemoraria 50 anos com uma live de Martinho da Vila.  A história encheu a Fenae de orgulho. “Martinho é um dos maiores expoentes de nossa música e de nossa cultura. E eu tive a honra de ter uma música gravada no disco ‘Alô Vila Isabeeeel’, lançado por ele, em 2018. A música chama-se Vilancete, e compus em parceria com Jorge Tropical, ex-cantor da escola de samba Vila Isabel”. 

A música foi gravada em 2018, mas foi composta em 1985. Júlio é empregado da Caixa há 21 anos e participa do Talentos Fenae desde 2016. “Eu falo que o Talentos me ressuscitou para a música. Em 2016 peguei uma música antiga, um samba-canção metido a chorinho, e ficamos em terceiro lugar da etapa nacional. O Talentos me devolveu a motivação”, disse.

Veja o vídeo gravado por Júlio Lucchesi para contar sobre a história da música.


Mensagens recebidas pela Fenae durante a live: 

 

“Grande Martinho da Vila. As pessoas escravizadas faziam Poupança na Caixa para comprar suas alforrias/liberdade. A Caixa é patrimônio do povo brasileiro” – Jair Pedro Ferreira.

“Grande abraço aos diretores da Fenae por nos presentear com essa grande festa. Grande live!” Ely Freire.

“Fenae 50 anos! Parabéns pelo legado! Lutas, inspirações, defesa dos direitos, descoberta de talentos...repertório variadíssimo. Jair e Takemoto, grandes e inspiradores líderes! Parabéns.” Mairton Neves.

“Na minha participação na direção da Fenae, tive oportunidade de fazer amigos e amigas, que são verdadeiros irmãos. Obrigado pelo carinho e amizade de todos. Parabéns, Fenae! Vida longa!” – Marcos Saraiva.

“Que coisa mais linda! Melhor live do ano! – Denise Viana.

“Não tinha artista melhor para celebrar esse lindo aniversário! Viva Martinho! Viva Fenae” – Nando Sant.

“Parabéns, Fenae! 50 anos de existência e comprometimento com os trabalhadores, em especial na defesa da Caixa e de seus empregados” – Jorge Cordeiro.

“Parabéns, Fenae! 50 anos de muita história de grandes conquistas para os empregados da Caixa” – Paulo Roberto Moretti.

“Fenae, gigante federação em defesa dos trabalhadores e da Caixa 100% pública. Martinho da Vila é símbolo da luta de superação do preconceito” - De Assis Araújo.

“Fenae, obrigada pelo show. E show com letra maiúscula” – Inez Galardinovic.

“Quem é Fenae não enjoa!” – Maria Goodwin.

“Parabéns, Fenae, pela escolha deste grande artista” – Paulo Matileti.

Parabéns, Fenae! 50 anos em defesa da Caixa e dos empregados” Giselle de Menezes.

 “Parabéns, Fenae! Pelo niver e pela presença do Martinho da Vila. Sensacional!” – Manoel de Jesus Gomes.

“Show lindo, num momento tão ruim que o país atravessa, com tanto negacionismo. Haveremos de vencer” – Renato Cury.

“Apcef Piauí presente! Gratidão à Fenae por todo apoio recebido nesses anos todos” – Glória Araújo.

“Gratidão por cuidar de todos os empregados da Caixa” - Maria Caroline Marotta Cardoso. 


Confira aqui a nossa galeria de fotos do show!

 

 

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado